Nos siga nas redes sociais
Error, group does not exist! Check your syntax! (ID: 4)

Destaques

Guia do Pernambucano 2021: Confira os clubes, histórico e apostas

Estadual

Publicado

em

Começou na última quarta-feira (24) a 107ª edição do Campeonato Pernambuco 2021 que terá seu complemento neste final de semana.

Equipes

Afogados, Central, Náutico, Retrô, Santa Cruz, Salgueiro (atual campeão), Sport, Sete de Setembro, Vitória-PE e Vera Cruz são os participantes.

Formato

O formato será o mesmo do ano passado. As equipes enfrentam-se em nove rodadas e as duas mais bem classificadas da primeira fase vão direto para a semifinal, enquanto os times do terceiro ao sexto se enfrentam em sistema de mata-mata, para decidir os demais semifinalistas.

Assim como em 2020, as quartas de final e a semifinal acontecerão em jogo único, com o mando de campo privilegiando os melhores colocados na fase de classificação. A decisão é em duas partidas.

A Coruja do Sertão chegou na semifinal do Pernambucano nas últimas duas temporadas e eliminou o poderoso Atlético-MG da Copa do Brasil no ano passado, o que fez a equipe sertaneja ter um destaque a nível nacional.

Mas, mesmo diante do sucesso, o Afogados precisa recuperar a vaga na Série D, competição que não vai disputar em 2021. O elenco foi todo renovado e outra novidade é na comissão técnica.

Técnico: Sérgio China

Principal contratação: ex-Botafogo e Corinthians, o volante Jordan chega pra ser referência técnica no Tricolor.

Palpite: Pode surpreender e deve lutar por uma das vagas na próxima fase.

O Central vai ter que se reinventar e 2021, pois após terminar a primeira fase do ano passado em sexto e perder a Série D de 2021, o Central quer retomar a vaga na competição nacional. Para conquistar o objetivo e voltar a ter um calendário longo, a Patativa trocou praticamente todo elenco e a comissão técnica.

Técnico: Nenê Vanucci

Principal contratação: o grande nome para a temporada é um velho conhecido: o meia Júnior Lemos.

Palpite: Luta contra o rebaixamento.

O ano de 2021 promete ser difícil para os alvirrubros. Isso porque além de quase cair para Série C, a campanha mediana no Estadual de 2020 fez a equipe perder as vagas para as Copas do Nordeste e do Brasil deste ano.

Com isso, o Náutico terá apenas o Pernambucano e a Série B na temporada e precisará se reinventar nas questões financeiras, já que as competições em que o timbu ficará ausente são bem rendáveis.

Do time titular, apenas dois jogadores deixaram o Náutico: o goleiro Anderson e o zagueiro Rafael Ribeiro. Todos os demais, incluindo Kieza e Jean Carlos, foram mantidos. O time também espera a evolução de joias da base, como o meia Juninho Carpina, principal referência dos títulos do Nordeste e do Pernambucano sub-20 no ano passado.

Técnico: Hélio dos Anjos.

Principal contratação: a renovação de Jean Carlos e do centroavante Kieza.

Palpite: Briga pelo título.

O caçula da competição tem metas bem ousadas para a sua segunda participação na elite estadual. Na primeira temporada, o Retrô conseguiu chegar às quartas do Estadual e garantiu vaga na Série D e na Copa do Brasil. O time de Camaragibe quer surpreender novamente e buscar o primeiro título da história do clube de apenas cinco anos.

Técnico: Nilson Corrêa.

Principal contratação: uma das novidades no elenco é o atacante Mayco Félix, ex-Santa Cruz.

Palpite: Pode surpreender e deve lutar por uma das vagas na próxima fase.

Atual campeão, o Carcará precisa superar os problemas financeiros para fazer bonito novamente. Por conta de dificuldades, o Salgueiro quase desistiu de participar da Copa do Nordeste e da Copa do Brasil.

Mesmo com um investimento menor do que no ano passado, o Carcará quer de novo fazer um bom campeonato e conquistar o bi do estadual. O Salgueiro é a primeira e única equipe do interior a conquistar o estadual.

Técnico: Daniel Neri.

Principal contratação:  o lateral-esquerdo Evandro, ex-Central, ABC e Sport.

Palpite: Pode surpreender e deve lutar por uma das vagas na próxima fase.

O Santa Cruz entra na temporada 2021 com dez remanescentes do elenco que disputou a Série C de 2020. Mesmo sem conseguir o acesso à Série B, a equipe coral fez uma boa temporada de 2020 e bateu na trave com o vice-campeonato estadual invicto, quando perdeu nos pênaltis para o Salgueiro e a eliminação na Série C, após uma primeira fase impecável.

Destaques da equipe, como o volante Paulinho e o meio-campo Chiquinho, estão com contratos renovados e fazem parte de uma estrutura de jogadores experientes, ao lado de Danny Morais, William Alves, Célio Santos, Didira e Pipico.

Técnico: João Brigatti.

Principal contratação: a permanência do meio-campo Chiquinho foi procurado por clubes da Série B.

Palpite: Briga pelo título.

Maior campeão estadual, o Leão quer fazer totalmente diferente no estadual deste ano em relação ao ano passado. Depois de ter que jogar o quadrangular do rebaixamento pela primeira vez em sua história e terminar o campeonato em 7º lugar, o Sport quer voltar a ser campeão em 2021.

Agora, o Leão volta para a disputa em melhor fase, pela campanha na Série A do Brasileiro, onde conseguiu se segurar na primeira divisão brasileira e ser o único representante do estado na Elite nacional.

Técnico: Jair Ventura.

Principal contratação: o Sport inicia a competição com Patric como principal nome do plantel.

Palpite: Briga pelo título.

A equipe de Garanhuns conseguiu o acesso por terminar na vice-liderança da Série A2 no ano passado. O objetivo do Lobo-guará é se manter na elite, mas não deixa de sonhar com uma vaga na Série D do Brasileiro em 2022.

O Sete vai a jogar uma primeira divisão de Pernambucano após dez anos ausente.

Técnico: Carlos Júnior.

Principal contratação: o principal nome da equipe é o atacante Paulista, de 32 anos, ex-Santa e Porto-PE.

Palpite: Luta contra o rebaixamento.

O Galo está de volta à primeira divisão depois de cinco anos. A equipe é a atual campeã da Série A2, título conquistado pela quarta vez.

Como toda equipe que sobe de divisão, o Vera Cruz terá como primeira meta a permanência na prmeira divisão, mas quer beliscar uma vaga na próxima fase.

O Tricolor das Tabocas quer fazer um campeonato muito melhor do que o do ano passado. Depois de escapar do rebaixamento na última rodada em 2020, o Vitória-PE quer uma temporada diferente para se manter na elite com mais tranquilidade. Será a sexta participação seguida do Tricolor das Tabocas na primeira divisão do Estadual.

Técnico: China.

Principal contratação: o grande nome da equipe é o atacante Marcelo Nicácio, de 38 anos.

Palpite: Luta contra o rebaixamento.

Sistema de Comunicação de Pernambuco

Copyright © 2021 PE News. Desenvolvido por avanzzada

Grupo Remop