Agregador de Pesquisas JC para Governo de Pernambuco: dois candidatos se isolam na disputa pelo segundo lugar

Diante da ampla vantagem de Marília Arraes (Solidariedade) na corrida pelo Governo de Pernambuco, o foco tornou-se a outra vaga para um eventual segundo turno contra a candidata
 Agregador de Pesquisas JC para Governo de Pernambuco: dois candidatos se isolam na disputa pelo segundo lugar

INVESTIMENTO Somados, os cinco principais candidatos ao Governo do Estado já gastaram mais de R$ 1.8 milhão só no Google e somam 462 anúncios – FOTO: MOSAICO COM IMAGENS DE DIVULGAÇÃO

Diante da ampla vantagem de Marília Arraes (Solidariedade) na corrida pelo Governo de Pernambuco, o foco tornou-se a outra vaga para um eventual segundo turno contra a candidata. A atualização do Agregador de Pesquisas JC desta quarta-feira, 21 de setembro, indica que dois nomes se descolaram dos demais e podem surpreender na reta final da campanha eleitoral.

De acordo com os dados, interrompeu-se a curva ascendente de Marília Arraes, que agora está com a intenção de voto estável, com 34,3%. A deputada tem 21 pontos percentuais de vantagem sobre Raquel Lyra (PSDB), que tem 13,3%. A tucana é seguida de perto por Anderson Ferreira (PL), que tem 12,4%.

A margem de erro aponta empate técnico entre a ex-prefeita de Caruaru e o ex-prefeito de Jaboatão dos Guararapes, ex-aliados. Os dois, porém, já aparecem descolados de Miguel Coelho (UB) e Danilo Cabral (PSB), cuja margem superior não alcança Raquel ou Anderson. O ex-prefeito de Petrolina tem 9,4%, enquanto o candidato governista tem 9,3%.

Jones Manoel (PCB) e João Arnaldo (PSOL), por sua vez, não chegam a 1% de intenção de voto. O número de brancos e nulos, que apresentou queda desde o dia 22 de agosto, se estabilizou em 8,79%.

Agregador de Pesquisas JC mostra corrida para o Senado
O Agregador de Pesquisas JC/Oddspointer também indica como está a disputa pela única vaga disponível para o Senado. A novidade é a presença de Carlos Andrade Lima (UB), que entrou por último na corrida eleitoral.

O candidato da chapa de Miguel Coelho não alterou a disputa. Ele derreteu de 8,95% em julho para 1,61% em setembro. Enquanto isso, Teresa Leitão (PT) lidera de maneira isolada, com 20% de intenção de voto, pontuação estável desde o dia 13.

Enquanto isso, André de Paula (PSD) e Gilson Machado Neto (PL) disputam, lado a lado, a segunda colocação. O social democrata tem 10,3%, enquanto o ex-ministro tem 9,95%. Eles são seguidos de perto por Guilherme Coelho (PSDB), com 7,92%.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas