FIG 2022: Curta-metragem Guerreiras Quilombolas do Castainho é exibido no cinema do CPC/Sesc

Curta documentário retrata a história das mulheres quilombolas da comunidade do Castainho, em Garanhuns
 FIG 2022: Curta-metragem Guerreiras Quilombolas do Castainho é exibido no cinema do CPC/Sesc

Na noite desta sexta-feira (29), o cinema do Centro de Produção Cultural (CPC) do Sesc exibiu o curta “Guerreiras Quilombolas do Castainho: nossa ancestralidade nos guia”. Parte da programação da 30ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), o curta retrata a história das mulheres quilombolas da comunidade do Castainho, em Garanhuns.

O grupo de mulheres Guerreiras Quilombolas do Castainho teve início em 2015, a partir da necessidade das mulheres da comunidade se organizarem para pensar formas de conquistar mais espaços na sociedade. O grupo discute o racismo estrutural, o machismo, formas de ajudar a comunidade, entre outros assuntos; como a busca pela história dos seus ancestrais, que também deu origem ao documentário. “Antes de 2015 tínhamos o anseio de nos organizar, entendemos a necessidade da organização feminina, do protagonismo das mulheres pretas e da luta por políticas públicas”, afirmou Edivane Lopes.

O curta foi um projeto da Lei Aldir Blanc (LAB) e tem direção de Alda Félix, Angela Pereira e Thaiara Lago. Durante a execução do projeto, houveram diversas oficinas na comunidade, como a oficina de decupagem, que possibilitou toda a comunidade entender e até participar dos processos de criação e elaboração do documentário. “Foi muito importante e emocionante fazer esse trabalho, era algo que estava faltando para registrar a nossa história”, contou Valmira Mendes.

A partir desse movimento das mulheres da comunidade, foi realizado o 1º Encontro de Mulheres Quilombolas de Garanhuns. O Quilombo Castainho fica na zona rural de Garanhuns, e foi a primeira comunidade titulada pelo governo de Pernambuco. Cerca de 400 famílias vivem no Castainho e desenvolvem a cultura agrícola com a produção de farinha de mandioca, beiju, pé de moleque, hortaliças, mel, entre outros produtos.

Programação – O CPC do Sesc também recebeu, nesta mesma noite, o espetáculo “Nós”, exibido no teatro adulto, que contou com uma plateia lotada para prestigiar a atração. A programação do FIG no Sesc continua até o dia 31 com diversas linguagens das artes cênicas presentes.

Fotos: Vinícius Vilela

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas