LANÇAMENTO DA NASA: agência americana adia volta à Lua por problemas técnicos. Entenda

 LANÇAMENTO DA NASA: agência americana adia volta à Lua por problemas técnicos. Entenda

O SLS tem 98 metros de altura e é considerado o foguete mais poderoso já criado pela agência – FOTO: TWITTER

Da Estadão Conteúdo
A Nasa cancelou o lançamento do foguete Space Launch System (SLS), marcado para a manhã desta segunda-feira (29) no Centro Espacial Kennedy, na Flórida. A missão espacial é considerada histórica, já que é a primeira do programa espacial Artemis a marcar o retorno dos americanos à Lua.

No entanto, foi frustrada por um vazamento de hidrogênio no motor de número 3, que não pôde ser remediado a tempo, levou ao adiamento. Segundo um porta-voz da Nasa, o foguete está estável, mas os engenheiros vão coletar mais dados sobre o motor e o que teria causado o vazamento.

O relógio da contagem regressiva foi pausado quando faltavam 40 minutos para iniciar a janela de lançamento, entre 9h33 e 11h33, no horário de Brasília.

A próxima data prevista para o lançamento é no dia 2 de setembro, mas a Nasa informou que isso vai depender dos resultados dos testes realizados. Embora um vazamento de hidrogênio também tenha sido identificado em um dos testes realizados antes, a agência afirma que não se sabe se a causa foi a mesma.
O SLS tem 98 metros de altura e é considerado o foguete mais poderoso já criado pela agência. Com 42 dias de duração, essa será a primeira missão do programa espacial Artemis.

O programa prevê excursões cada vez mais complexas para viabilizar a presença humana na Lua – e, mais tarde, em outros corpos celestes pelo espaço. Dentro da cápsula de tripulação Orion, estarão apenas três manequins, equipados com sensores para medir radiação e vibração.

 

Notícias relacionadas