Sem Alex Sandro, veja a provável escalação do Brasil para enfrentar a Croácia

 Sem Alex Sandro, veja a provável escalação do Brasil para enfrentar a Croácia

Tite em conversa com o observador Ricardo Gomes (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Ainda com problemas físicos no elenco, o técnico Tite deve manter a escalação do Brasil da vitória contra a Coreia do Sul para o embate diante da Croácia, marcado para esta sexta-feira (9) às 12h, no Estádio Cidade da Educação, pelas oitavas de final da Copa do Mundo do Catar. O lateral-esquerdo Alex Sandro, único de origem para a posição, será relacionado, mas não deve começar jogando.

“O Alex Sandro vai treinar de tarde para ver a disponibilidade para ir ao jogo. A tendência é a não participação, porque não há um trabalho muito forte ainda. São lesões diferentes. Eu tenho que ver com o departamento médico e físico essa situação. É diferente do Neymar, mas vai depender de hoje à tarde se estará disponível ou não”, respondeu o treinador. Na véspera do jogo anterior, Tite cravou a escalação de Neymar e Danilo, ambos recuperados de lesões no tornozelo.

Sem Alex Sandro, Danilo deve ser mantido no setor diante dos croatas. O reserva Alex Telles foi cortado do mundial depois de se lesionar na derrota para Camarões por 1 a 0, ainda na fase de grupos. Éder Militão seguiria na direita e o time teria a seguinte formação: Alisson; Éder Militão, Marquinhos, Thiago Silva e Danilo; Casemiro e Lucas Paquetá; Raphinha, Neymar e Vinicius Junior; Richarlison.

Danilo lembrou que a lateral esquerda não é novidade para ele. “Eu joguei assim (pela esquerda) durante um bom tempo no Manchester City. Na Juventus jogo assim há alguns anos”, lembrou. Segundo ele, o comportamento variado tem a ver com disposição.

“O segredo do sucesso na Seleção, dessa nossa capacidade de transformar os esquemas táticos, acho que é a disponibilidade dos jogadores. A comissão trabalha, vê de acordo com cada um o que pode ser melhor para o jogo, mas a disponibilidade dos jogadores em quererem fazer as coisas serem possíveis tem feito com que isso seja mais fácil”, argumentou.

 

Notícias relacionadas