19ª Jornada de Autismo e TEA: Também Estamos Aqui em Recife

 19ª Jornada de Autismo e TEA: Também Estamos Aqui em Recife

Divulgação

Venha participar da 19ª Jornada de Autismo e Transtorno do Espectro Autista (TEA) – Também Estamos Aqui!

É com imenso prazer que a Associação Afeto, organizadora deste evento, anuncia a 19ª edição da Jornada de Autismo e TEA, um evento imperdível que acontecerá nos dias 1 e 2 de abril, em Recife, PE. Hospedado na prestigiosa Faculdade Pernambucana de Saúde – FPS, este evento promete ser um marco na disseminação de conhecimento sobre autismo e transtornos do espectro autista.

Sobre o Autismo:

Embora inúmeras pesquisas ainda venham sendo desenvolvidas para definirmos o que seja o autismo, desde a primeira descrição feita por Kanner em 1943 existe um consenso em torno do entendimento de que o que caracteriza o autismo são aspectos observáveis que indicam déficits na comunicação e na interação social, além de comportamentos repetitivos e áreas restritas de interesse. Essas características estão presentes antes dos 3 anos de idade, e atingem 0,6% da população, sendo quatro vezes mais comuns em meninos do que em meninas.

A noção de espectro do autismo foi descrita por Lorna Wing em 1988, e sugere que as características do autismo variam de acordo com o desenvolvimento cognitivo; assim, em um extremo temos os quadros de autismo associados à deficiência intelectual grave, sem o desenvolvimento da linguagem, com padrões repetitivos simples e bem marcados de comportamento e déficit importante na interação social, e no extremo oposto, quadros de autismo, chamados de Síndrome de Asperger, sem deficiência intelectual, sem atraso significativo na linguagem, com interação social peculiar e bizarra, e sem movimentos repetitivos tão evidentes.

Sobre a Associação Afeto:

A Associação Afeto tem como objetivo transformar a realidade das pessoas com autismo. Isso é feito de diversas maneiras, incluindo:

  • Participação na construção de políticas públicas para a inclusão educacional e social.
  • Formação e desenvolvimento de profissionais na área.
  • Acolhimento e capacitação de pais e familiares.
  • Disseminação do conhecimento através de aulas, palestras e encontros acadêmicos.
  • Incentivo e difusão de conhecimento através de pesquisas científicas.

Nosso objetivo final é garantir a estas pessoas o direito que consta na constituição desde seu nascimento: “UMA VIDA DIGNA, INDEPENDENTE E PRODUTIVA.”

Testemunho de uma Mãe:

“Durante quase seis anos, meu filho, agora com nove anos, recebeu tratamento em uma clínica que prometia uma gama de terapias, mas que, na prática, falhava em oferecer um acompanhamento eficaz e resultados visíveis. Apesar dos tratamentos contínuos, não houve progresso significativo, e a falta de comunicação entre os profissionais era evidente. A clínica, apesar de cobrar altos valores, optava por contratar estagiários, não proporcionando os serviços anunciados, como terapia aquática e musicoterapia. Além disso, a falta de orientação e suporte aos pais era notável, levando a uma sensação de estagnação no desenvolvimento do meu filho. Ao entrar na Associação Afeto, recentemente, testemunhamos uma mudança marcante. Lá, encontramos um ambiente de maior atenção, profissionalismo e comprometimento. Os profissionais estão mais acessíveis e engajados, buscando soluções para as necessidades específicas do meu filho. Essa experiência ressalta a importância de priorizar a qualidade dos serviços sobre os interesses financeiros, especialmente quando se trata do bem-estar e desenvolvimento das crianças.”

Angela Lira, uma das mães que participaram da fundação da AFETO e atualmente ocupa o cargo de presidente da mesma. Além disso, ela desempenha o papel de vice-presidente regional da ABRA (Associação Brasileira de Autismo), a mais antiga da América do Sul.

“A nossa jornada visa oferecer conhecimento a professores, educadores, profissionais de saúde e famílias, a fim de capacitá-los a compreender melhor e, consequentemente, a auxiliar de forma mais eficaz aqueles que estão ao seu redor. A falta de entendimento, até mesmo de conceitos básicos, torna tudo mais complexo e difícil, acarretando perdas significativas para nossos autistas e desafios enormes para os profissionais envolvidos. No nosso estado, a carência de informação e formação universitária qualificada é grave, o que contribui para um cenário de desinformação e fantasia, dificultando ainda mais o manejo adequado dessas situações. A jornada que estamos promovendo é fruto de anos de trabalho da Associação Afeto, desde 2012, buscando trazer conhecimento através de encontros com profissionais renomados. Acreditamos que é apenas com o conhecimento que poderemos verdadeiramente impactar positivamente a vida dessas pessoas e de suas famílias, proporcionando um caminho de luz em meio à escuridão da desinformação.”

Taisa, mãe de João Lucas, é uma psiquiatra que realizou um levantamento em conjunto com o tabelião do cartório registrado, onde constatou que algumas clínicas que ela visitou oferecem um desserviço. Ela observou que essas clínicas informam que oferecem atendimento para crianças autistas, mesmo quando não possuem profissionais qualificados para tal. Ela exemplifica sua experiência ao tentar obter tratamento adequado para seu filho autista, que foi diagnosticado aos 1 ano e 11 meses.

“Luto incansavelmente para garantir um tratamento adequado para meu filho autista, João Lucas, de 4 anos. Apesar do diagnóstico aos 1 ano e 11 meses, o plano de saúde não cobre as despesas, mesmo após várias tentativas, incluindo o registro de uma ata notarial. Os profissionais das clínicas visitadas não possuem todas as qualificações necessárias para lidar com TEA, o que dificulta ainda mais o processo. O tratamento do TEA demanda profissionais altamente qualificados e comprometidos, porém são escassos. Esta realidade prejudica não apenas o desenvolvimento das crianças, mas também sobrecarrega suas famílias. Uma mudança é crucial para garantir o melhor cuidado para aqueles que mais precisam.”

Conheça nossos renomados palestrantes:

  • Dr. Artur Luis Duarte Diniz Nogueira: Doutorado em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), com período sanduíche na University of California Davis. Supervisora Clínica na Associação Afeto (Recife, PE).
  • Dr. Henrique Costa Val: BCBA (Board Certified Behavior Analyst), Doutor em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento pela PUC-SP. Diretor do Grupo Metodos.
  • Michelle Abdon Brasil: Graduada e Mestre em Psicologia, especializada em Análise do Comportamento. BCBA Supervisora Clínica na Associação Afeto (Recife, PE).
  • Dr. Sana Ana Eduarda Vasconcelos de Sousa: Graduada e Mestre em Psicologia, Supervisora Clínica na Associação Afeto (Recife, PE).
  • Camila Ribeiro Soares: Especialista em Educação Inclusiva e Deficiência Mental. Diretora Educacional do Grupo Método.
  • Fernanda Karinne Souza de Lima Lopes: Terapeuta Ocupacional pela Universidade Federal de Pernambuco (2018). Tem experiência em reabilitação Física e Transtorno do Espectro Autista com Análise do Comportamento Aplicada (ABA). Formação em Avaliação e Tratamento do paciente adulto com Disfunção Neurológica- Baseada no conceito Bobath e Certificação Internacional em andamento em Integração Sensorial. Supervisora clínica da AFETO.
  • Maynary Elizabethe Azevedo de Souza: Formada em Psicologia pela Instituição Universidade Federal de Pernambuco, UFPE. Mestre em Psicologia Experimental: Análise do Comportamento pela PUC-SP. Supervisora Escolar | Associação Afeto (Recife — PE).

Junte-se a nós nessa jornada de aprendizado e troca de experiências. Reserve já o seu lugar e faça parte deste evento enriquecedor!

Serviço:

  • Evento: 19ª edição da Jornada de Autismo e TEA
  • Data: 1 e 2 de abril
  • Local: Recife, PE, Faculdade Pernambucana de Saúde – FPS

Programação completa:

Céu Albuquerque

Engenheira Civil em Segurança do Trabalho, especialista em Orçamentação, Planejamento e Controle na Construção Civil, Jornalista e Fotógrafa.

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *