21ª Missa do Vaqueiro de Canhotinho: Um Encontro de Fé, Cultura e Política no Agreste

Evento Tradicional Reúne Milhares de Vaqueiros e Líderes Políticos em Homenagem à Cultura Nordestina
 21ª Missa do Vaqueiro de Canhotinho: Um Encontro de Fé, Cultura e Política no Agreste

Foto: Lucas Patricio

No coração do Agreste nordestino, a pequena cidade de Canhotinho, em Pernambuco, se transformou em palco de uma celebração que transcendeu os limites da religiosidade. A 21ª edição da Missa do Vaqueiro, realizada no domingo, 10 de setembro, reuniu mais de 5 mil vaqueiros, provando ser um evento de dimensões colossais que funde a fé, a cultura e a política em um só lugar.

O cenário pitoresco do sertão pernambucano foi palco de uma manifestação única, onde a tradição do vaqueiro se mesclou com a presença de líderes políticos, deputados, prefeitos e vereadores. Eles se uniram aos milhares de cavaleiros e amazonas, cada um vestido com o icônico gibão e a indumentária típica que simboliza o legado cultural do Nordeste.

A missa, que se originou como uma homenagem à fé e coragem dos vaqueiros, adquiriu ao longo dos anos um caráter político, marcando seu espaço como um dos eventos mais notáveis da região. O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Álvaro Porto, e a prefeita do município, Sandra Paes, receberam os visitantes ilustres, ressaltando a relevância crescente do encontro.

Políticos de destaque, como os deputados federais Guilherme Uchoa Junior e André Ferreira, além dos estaduais Abimael Santos, Joãozinho Tenório, Mário Ricardo, João de Nadegi e Henrique Queiroz Filho, marcaram presença, fortalecendo a dimensão política do evento.

A Missa do Vaqueiro de Canhotinho, incluída no Calendário Oficial de Eventos de Pernambuco desde 2017, cresceu ao longo dos anos. O número de vaqueiros inscritos aumenta a cada edição, atingindo aproximadamente 20 mil pessoas este ano. Isso demonstra o potencial do evento para impulsionar o turismo e a economia não apenas de Canhotinho, mas também das cidades vizinhas.

A prefeita Sandra Paes enfatiza o valor cultural do encontro e a importância de preservar tradições. “Reunimos pessoas que buscam renovar a fé, mas que também querem se divertir e preservar tradições”, observa.

Além das cerimônias religiosas, a edição deste ano apresentou uma novidade emocionante. No sábado, a programação foi aberta com a Pega de Boi no Mato, uma competição que distribuiu R$ 10 mil em prêmios.

No domingo, a concentração da vaqueirama começou cedo no distrito de Olho D’água, de onde partiram em uma cavalgada emocionante em direção à sede do município. O cantor Tarcisio do Acordeon e a dupla Iguinho e Lulinha lideraram o cortejo, proporcionando uma trilha sonora única para a jornada.

No final da tarde, em frente à Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, os participantes receberam a bênção por mais um ano de fé e devoção. A festa continuou no Pátio de Eventos com apresentações de Swing de Andinho e Zé Cantor, estendendo-se até a noite.

A realização da Missa do Vaqueiro é um esforço conjunto da Prefeitura de Canhotinho, com apoio do Governo do Estado, Empetur e empresas privadas. Ao final do evento, o deputado Álvaro Porto agradeceu a todos os envolvidos, ressaltando o crescimento constante do encontro e sua importância cultural, econômica e política.

Nesse evento, fica evidente como a Missa do Vaqueiro de Canhotinho se fortalece, consolidando-se como uma celebração essencial que honra a cultura nordestina, enquanto promove o desenvolvimento da região. O povo e a Prefeitura de Canhotinho estão de parabéns por essa grandiosa celebração.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *