Nos siga nas redes sociais

Destaques

5G: presidente e ministros conhecem inovações tecnológicas no agro, indústria e em pesquisas

Publicado

em

A tecnologia da quinta geração está transformando a sociedade e tem potencial para revolucionar diversos setores da economia. Para conhecer de perto as novas possibilidades, o presidente Jair Bolsonaro e os ministros Fábio Faria, das Comunicações; Marcos Pontes, da Ciência, Tecnologia e Inovação; e Tereza Cristina, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, participaram nesta sexta-feira (25/6) da inauguração do 5G Smart Campus Facens, em Sorocaba (SP).

A tecnologia, a ciência e esse trabalho de vocês são muito importantes para nosso futuro e até para a nossa sobrevivência. Essa união, essa forma de trabalhar com o coração aberto, buscando o melhor, buscando parcerias é que escreverá o futuro da nossa nação, ressaltou o presidente Jair Bolsonaro

Na ocasião, o presidente destacou a importância das pesquisas desenvolvidas para o futuro do Brasil. “A tecnologia, a ciência e esse trabalho de vocês são muito importantes para nosso futuro e até para a nossa sobrevivência. Essa união, essa forma de trabalhar com o coração aberto, buscando o melhor, buscando parcerias é que escreverá o futuro da nossa nação”, ressaltou.

O ministro Fábio Faria reforçou que a aplicação do 5G gera ganhos de economicidade, produtividade, eficiência e sustentabilidade para os setores produtivos, com destaque para o agronegócio. “Nos próximos 10 anos, nós iremos usufruir do que estamos fazendo aqui hoje que é a tecnologia 5G. Nós iremos interligar todas as cadeias produtivas do Brasil, da indústria e todos os setores vão crescer”, pontuou.

O “Campus Conectado” é uma iniciativa do Centro Universitário Facens, em parceria com a Ericsson, Embratel e Claro. Durante a inauguração, as empresas, em parceria com a John Deere, Qualcomm e Motorola, apresentaram em primeira mão um pulverizador autônomo de grande porte: o primeiro conectado ao 5G. A ação demonstrou como a tecnologia tem potencial para impulsionar o desenvolvimento do agronegócio. Com recursos inteligentes em fazendas será possível automatizar processos e diminuir prazos e custos, tornando a produção mais otimizada e rentável.

5G na indústria, universidade e setor automotivo

Também foram exibidas aplicações do 5G em outros três setores — industrial, acadêmico e automotivo. Na indústria, o uso de sensores de vibração, temperatura e umidade em um torno mecânico (equipamento usado para confecção e acabamento de peças) permitiu envio de dados em tempo real. Assim, foi possível acompanhar a correção de falhas e evitar retrabalho ou descarte.

No âmbito acadêmico, a comitiva formada pelo presidente e pelos ministros conheceu o laboratório virtual, estruturado pela Facens. No local, são utilizados os mesmos equipamentos encontrados em um laboratório real, o que permite aos alunos e professores realizarem atividades e interagirem de forma instantânea.

Nos próximos 10 anos, nós iremos usufruir do que estamos fazendo aqui hoje que é a tecnologia 5G. Nós iremos interligar todas as cadeias produtivas do Brasil, da indústria e todos os setores vão crescer, pontuou o ministro Fábio Faria

A tecnologia do 5G também tem aplicações no setor automotivo. Para demonstrar o potencial, foi apresentado um carro autônomo (sem motorista) desenvolvido por alunos, para estudos nos campos de inteligência artificial e visão computacional. O modelo utiliza a tecnologia 5G, que permite a transferência de dados em um espaço de tempo muito curto, para a descentralização (de maneira remota ou em nuvem) do processamento pesado de dados.

Inovação e pioneirismo – O 5G Smart Campus Facens é o maior campus universitário conectado com a tecnologia da quinta geração. O espaço será um ambiente para novas pesquisas, projetos inovadores e desenvolvimento de soluções digitais para setores automotivo, Indústria 4.0, smart cities, telemedicina, agronegócio e outros. (Texto: ASCOM/Ministério das Comunicações)

Sistema de Comunicação de Pernambuco

Copyright © 2021 PE News. Desenvolvido por avanzzada

Grupo Remop