Nos siga nas redes sociais

Geral

Ação preventiva do Detran-PE esclarece sobre uso de álcool e direção

Publicado

em

Para alertar sobre os perigos de misturar álcool e direção, o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) realizou ação preventiva, na manhã desta quarta-feira (15), em São José da Coroa Grande, a 114 km do Recife. Dentro da Operação Prevenção “Segundos que Salvam Vidas”, a iniciativa contou com palestra, atividade interativa, orientações e esclarecimentos de dúvidas. A ação aconteceu na Escola Municipal João Francisco de Melo, centro da cidade, para alunos do 9º ano, promovida pela Coordenação de Educação do Trânsito, Imprensa e Publicidade Institucional do Detran-PE.

A palestra, que foi proferida pela técnica da Escola Pública de Trânsito, Bruna Pontual, focou nos principais perigos de dirigir veículos sob o efeito de bebidas alcóolicas. A questão foi tratada mostrando os riscos, como possibilidade de morte, lesões graves ou permanentes em condutores e terceiros. Após a palestra ocorreu uma atividade interativa com o uso de óculos simulador de embriaguez. Com o objeto, os alunos perceberam os efeitos da bebida, como visão turva, redução da visão periférica e alteração na profundidade e distância. De acordo com o artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir sob efeito de álcool é uma infração gravíssima, que causa multa no valor de R$ 2.934,70, e a suspensão do direito de dirigir por 12 meses.

Na parte externa, o Detran Itinerante, caminhão utilizado para ações externas, disponibilizou uma equipe de técnicos para esclarecer as principais dúvidas da população. Também houve orientação de motoristas sobre regras no trânsito e formas adequadas para uma condução mais segura. A operação ocorre no mês que se possui a Semana Nacional de Trânsito, comemorada de 18 a 25 de setembro, conforme definição do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A ação em São José da Coroa Grande contou ainda com membros da Diretoria de Fiscalização, além da parceria com a prefeitura do município.

Segundo pesquisa do Centro de Informações sobre Álcool e Saúde (CISA), de 2019, 43,8% dos adolescentes consumiram bebidas alcoólicas em festas e 17,8% entre amigos. De acordo com a última edição da Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (Pense), de 2015, a idade média do primeiro episódio de consumo de álcool é de 12,5 anos. A Pense 2015 também apontou que 55,5% dos escolares do 9º ano do ensino fundamental (de 13 a 15 anos) reportaram experimentação, sendo mais comum entre os alunos de escolas públicas (56,2%) que de escolas privadas (51,2%), e que 21,4% dos escolares já sofreram algum episódio de embriaguez.

Sistema de Comunicação de Pernambuco

Copyright © 2021 PE News. Desenvolvido por avanzzada

Grupo Remop