Álvaro Porto propõe medalha ao ministro José Mucio e título de cidadão ao Comandante do Exército

Honrarias reconhecem esforço dos homenageados em trazer a Escola de Sargentos para Pernambuco
 Álvaro Porto propõe medalha ao ministro José Mucio e título de cidadão ao Comandante do Exército

Foto: Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Álvaro Porto, apresentará projetos de resolução propondo a concessão da Medalha Joaquim Nabuco ao Ministro de Estado da Defesa, José Mucio Monteiro Filho, e o título de cidadão pernambucano ao Comandante do Exército Brasileiro General Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva. As honrarias reconhecem o esforço dos homenageados, cada um na sua área de atuação, em trazer a Escola de Formação de Sargentos para Pernambuco. Os projetos serão encaminhados à Mesa Diretora na retomada dos trabalhos da Alepe, em fevereiro.

A homenagem a José Múcio é respaldada também pelos grandes serviços prestado por ele a Pernambuco e ao país. Além de estar empenhado pessoalmente em ver a Escola de Sargentos instalada no estado, o ministro tem tido atuação exemplar na pasta. Recentemente, comandou bem sucedidas operações de repatriação de brasileiros que estavam nas áreas de conflito entre Israel e o grupo extremista Hamas.

De 2009 a 2020, Mucio foi ministro do Tribunal de Contas da União, chegando à presidência do órgão entre 2019 e 2020. Antes, entre 2007 e 2009, foi ministro de estado chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República.

Nascido no Recife, é engenheiro civil, foi prefeito de Rio Formoso (1982 a 1983) e deputado federal
(1991 a 2011). Entre as principais atividades parlamentares, foi presidente nacional do PFL (1992 a 1993); líder do PTB na Câmara dos Deputados; e líder do Governo, de 7 de março de 2007 a 30 de novembro de 2007.

“José Múcio construiu um carreira exemplar, pautada pelo equilíbrio e capacidade de trabalho. Tanto como parlamentar, ministro do TCU e, agora, como ministro da Defesa, se mantém como referência de homem público. Seu trabalho em favor da vinda da Escola de Sargentos para Pernambuco confirma seu comprometimento com o Estado. A Medalha Joaquim Nabuco é uma reverência à sua história e também expressão da nossa gratidão ao trabalho do ministro”, destaca Porto.

O deputado também enfatiza o papel do General Tomás Miguel Miné Ribeiro Paiva na luta para estabelecer a Escola de Sargentos em Pernambuco. “Desde o início das discussões o Comandante do Exército tem se mostrado firme em trazer a instituição para o nosso estado. O título de cidadão é o reconhecimento de Pernambuco ao trabalho do General”, diz.

Nascido na cidade de São Paulo (SP), o General assumiu o Comando do Exército Brasileiro em 21 de janeiro de 2023. A incorporação às fileiras do Exército se deu em março de 1975, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, sediada em Campinas (SP), tendo sido declarado aspirante a oficial da Arma de Infantaria em 12 de dezembro de 1981.

Além dos Cursos de Formação, de Aperfeiçoamento e de Comando e Estado-Maior, realizou os cursos Básico Paraquedista, Mestre de Salto e Precursor Paraquedista, bem como os Estágios Básico e Avançado de Salto Livre e Comunicação Social. Entre as diversas missões operacionais desempenhadas, destacam-se o subcomando do Batalhão de Infantaria de Força de Paz do 7° CONTBRAS, no Haiti, e o comando da Força de Pacificação da Operação Arcanjo VI, no Complexo da Penha e do Alemão, no Rio de Janeiro (RJ), já como oficial-general.

Comandou também o Batalhão da Guarda Presidencial, em Brasília (DF), o Corpo de Cadetes da AMAN, a Escola Preparatória de Cadetes do Exército, a 2ª Subchefia do Comando de Operações Terrestres, em Brasília (DF), a Academia Militar das Agulhas Negras e o Gabinete do Comandante do Exército, em Brasília (DF). Chefiou o Departamento de Educação e Cultura do Exército, no Rio de Janeiro (RJ), e exerceu ainda a função de Comandante Militar do Sudeste no período de 15 de abril de 2021 a 21 de janeiro de 2023.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *