Bispo de Garanhuns é nomeado pelo Papa Francisco como novo arcebispo de Olinda e Recife

Dom Paulo Jackson assume lugar de dom Fernando Saburido, que deixa a função após 14 anos
 Bispo de Garanhuns é nomeado pelo Papa Francisco como novo arcebispo de Olinda e Recife

O papa Francisco acolheu a renúncia de dom Fernando Saburido e nomeou como novo arcebispo de Olinda e Recife dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa, atualmente bispo de Garanhuns e segundo-vice-presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A renúncia e nomeação saíram na edição desta quarta-feira (14) do boletim de imprensa do Vaticano. A posse canônica do sucessor de dom Fernando Saburido será em 13 de agosto.

Dom Paulo Jackson irá ocupar o lugar de dom Fernando Saburido, que apresentou a sua carta de renúncia ao papa em junho do ano passado, aos 75 anos, conforme preveem as normas canônicas da Igreja Católica, após passar 14 anos na função.

Em 10 de junho do ano passado, quando fez 75 anos, dom Fernando Saburido apresentou a sua renúncia à posição de arcebispo de Olinda e Recife. Conforme rege o Código de Direito Canônico da Igreja Católica, os bispos devem renunciar ao chegarem a essa idade.

Em comunicado divulgado pela Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido falou sobre a nomeação de dom Paulo Jackson.

“Pode dar uma grande contribuição para a Igreja de Olinda e Recife. Eu quero dar em nome de toda a Arquidiocese as boas-vindas a dom Paulo, que ele se sinta muito feliz entre nós e que Deus abençoe muito a sua missão”, afirmou dom Fernando Saburido. 

Quando dom Paulo Jackson assumir a Arquidiocese de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido passará a ser chamado de arcebispo emérito.

Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife

Dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife entre 2009 e 2023 (Foto: Divulgação/CNBB)

1901-1915: Dom Luiz Raimundo da Silva Brito
1916-1921: Dom Sebastião Leme da Silveira Cintra
1922-1951: Dom Miguel de Lima Valverde
1951-1960: Dom Antônio de Almeida Moraes Júnior
1960-1964: Dom Carlos de Gouvêa Coelho
1964-1985: Dom Helder Pessoa Câmara
1985-2009: Dom José Cardoso Sobrinho
2009-2023: Dom Antônio Fernando Saburido
2023- : Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa

Biografia de dom Paulo Jackson
Dom Paulo Jackson Nóbrega de Sousa nasceu em São José de Espinharas, na Paraíba, no dia 17 de abril de 1969. Estudou Filosofia no Instituto de Teologia do Recife (1987-1989) e Teologia no Seminário Imaculada Conceição, em João Pessoa (1990-1992). Foi ordenado presbítero no dia 17 de dezembro de 1993. É mestre em Exegese Bíblica pelo Instituto Bíblico de Roma (1997-2000) e doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma (2007-2010).

Foi secretário nacional da Organização dos Seminários e Institutos Filosófico-Teológicos do Brasil (2004-2007); vigário paroquial da Paróquia São Geraldo, Belo Horizonte (2011-2012), e administrador paroquial da Paróquia Senhor Bom Jesus do Horto, Belo Horizonte (2012-2015). Foi professor da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais e da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia em Belo Horizonte (2012-2015). Foi também formador dos seminaristas estudantes de Teologia da diocese de Patos, em Belo Horizonte.

No dia 20 de maio de 2015 foi nomeado pelo Papa Francisco como bispo da diocese de Garanhuns, no Pernambuco. Sua ordenação episcopal ocorreu no dia 18 de julho de 2015, no Largo Dom Gerardo Andrade Ponte, ao lado da Catedral de Nossa Senhora da Guia, diocese de Patos (PB). A ordenação foi presidida pelo arcebispo de Belo Horizonte, dom Walmor Oliveira de Azevedo, e teve como bispos co-ordenantes dom Eraldo Bispo da Silva, bispo de Patos (PB), e dom Manoel dos Reis de Farias, bispo de Petrolina (PE).

Sua posse canônica aconteceu no dia 23 de agosto de 2015, na Catedral de Santo Antônio, em Garanhuns. Seu lema episcopal é In Verbo tuo (Na tua Palavra). É inspirado em Lucas 5,5, a partir do diálogo de Jesus com Pedro depois do episódio da pesca milagrosa.

No mesmo ano de sua nomeação, foi escolhido membro da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB para o quadriênio entre 2015 e 2019. E em 2019, foi eleito presidente do Regional Nordeste 2 da CNBB, que compreende os estados de Alagoas, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte, para o quadriênio de 2019 a 2023. No Regional, também desempenhou a função de referencial para a Doutrina da Fé.

Durante a 60ª Assembleia Geral da CNBB, em abril deste ano, foi eleito segundo vice-presidente da CNBB para o quadriênio 2023-2027.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *