Crescimento Histórico: Aviação e Turismo no Brasil Alcançam Números Recordes em 2023

Ministros de Portos e Aeroportos celebram avanços e revelam planos para o futuro.
 Crescimento Histórico: Aviação e Turismo no Brasil Alcançam Números Recordes em 2023

Foto: Divulgação

O ano de 2023 marcou um capítulo histórico para a aviação civil brasileira e o setor turístico, registrando os melhores resultados dos últimos quatro anos, conforme anunciado pelos ministros de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, e do Turismo, Celso Sabino, em coletiva na tarde de ontem (22). Com 112,6 milhões de passageiros, a aviação comercial viu um impressionante aumento de 15,3% em comparação aos dados de 2022, destacando-se como um dos setores mais promissores da economia nacional.

Desempenho Internacional Surpreendente: Um dos destaques notáveis foi o aumento de 5,8 milhões de passageiros nas viagens internacionais, representando um crescimento de 37% em relação ao ano anterior. Os dados da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) revelam que foram realizados 28 mil voos adicionais para destinos no exterior, consolidando a presença brasileira no cenário global da aviação.

Perspectivas e Investimentos: Silvio Costa Filho atribuiu o sucesso ao fortalecimento da malha aérea e à reestruturação dos aeroportos em todo o país, destacando o compromisso do presidente Lula com o crescimento da aviação civil e do turismo. O ministro afirmou: “Estamos trabalhando pelo povo, fortalecendo a economia, gerando empregos e renda aos brasileiros.

Expansão Doméstica e Conectividade: No mercado doméstico, o crescimento também foi expressivo, com quase 10 milhões de passageiros adicionais e cerca de 60 mil voos extras em rotas nacionais. A abertura de novos aeroportos e o aumento da oferta de voos e passageiros foram fundamentais para esse aumento.

Investimentos Estratégicos: O sucesso da aviação brasileira foi impulsionado pelos investimentos de R$ 1,4 bilhão realizados em 2023, entre novos empreendimentos e melhorias nos terminais aéreos em todo o país. Esses esforços resultaram em um aumento de 12,4% nas localidades atendidas, com 154 aeroportos oferecendo voos comerciais, contra 128 no ano anterior.

Perspectivas para o Futuro: Com a previsão de investimentos adicionais da ordem de R$ 3 bilhões para 2024, a aviação comercial brasileira se prepara para números ainda mais impressionantes. Silvio Costa Filho ressaltou o desafio de ampliar os voos internacionais, atrair novas companhias aéreas e consolidar o Brasil como uma referência no turismo global: “O Brasil entrou na rota do crescimento internacional, e cada vez mais, o mundo observa o país não só como a janela de investimentos, mas como a janela do turismo mundial,” concluiu o ministro. O setor está otimista diante do futuro promissor que se desenha para a aviação e o turismo brasileiros.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *