Nos siga nas redes sociais

Pernambuco

Eventos com até 1,2 mil pessoas vacinadas contra a Covid-19 serão liberados em setembro

Publicado

em

A secretária executiva de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Ana Paula Vilaça, e o secretário estadual de Saúde, André Longo, participaram da coletiva de imprensa nesta quarta-feira (25) — Foto: Heudes Regis

O governo de Pernambuco anunciou nesta quarta-feira (25) que vai liberar, a partir de setembro, a realização de eventos com até 1,2 mil pessoas para pessoas vacinadas contra a Covid-19 com duas doses ou com uma dose mais teste negativo para a doença. Também foram anunciadas flexibilizações nas regras para realização de eventos e competições esportivas.

No dia 19 de agosto, o governo anunciou a criação do selo “Passe Seguro PE”, para validar a presença de pessoas em eventos, incluindo os de grande porte, com informações sobre vacinação e testes de Covid.

De acordo com a secretaria executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, as primeiras autorizações serão para eventos-teste. A lotação máxima é de 1,2 mil pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor.

“Realizaremos esses eventos em setembro e produtores deverão encaminhar pedidos para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que vai avaliar cada pedido com a Secretaria Estadual de Saúde e Procon, e poderemos avançar nos meses seguintes com base nesses eventos. As pessoas terão que permanecer sentadas e utilizando a máscara. Apenas no momento da comida e bebida, poderão tirá-la. Além disso, a pista de dança ainda não está liberada. Apresentação musical está permitida, mas ainda sem a pista de dança”, afirmou a secretária.

Ana Paula Vilaça também disse que, a partir da segunda-feira (30), eventos corporativos e de formatura poderão contar com até 500 pessoas ou 80% da capacidade do espaço, o que for menor. Se houver mais de 300 pessoas no local, deverá ser pedido comprovante de vacinação com duas doses ou com uma dose mais testagem recente contra a Covid-19.

A partir da mesma data, eventos sociais também poderão ampliar a capacidade, saindo de 100 para 300 pessoas. A partir de 100 pessoas, os testes e a vacinação também são necessários.

“Esportes poderão avançar para 300 pessoas, com exceção do futebol profissional, que ainda está em discussão porque exige protocolos específicos”, afirmou a secretária executiva.

Sistema de Comunicação de Pernambuco

Copyright © 2021 PE News. Desenvolvido por avanzzada

Grupo Remop