Nos siga nas redes sociais

Cultura

Fundaj lança programação para o Dia do Escritor

Publicado

em

A Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), por meio da Biblioteca Blanche Knopf, vinculada à  Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte (Dimeca), preparou uma programação especial para celebrar o Dia Nacional do Escritor. Comemorado no dia 25 de julho, a data contará com mesas de debate, performances, recitais e concursos. Neste ano, o tema abordado será “A arte da escrita”. As atividades da manhã acontecem virtualmente, pelo YouTube da Fundaj. À tarde, será presencial na Sala de Leitura Nilo Pereira, no Campus Derby.

Na abertura, marcada às 9h, o presidente da Fundaj e escritor, Antônio Campos, anuncia junto ao diretor da Dimeca, Mario Helio, o lançamento dos concursos literários Novos Escritores e Redação para Jovens Leitores/Escritores. “É um momento para valorizar os sonhos e vocações dos escritores juvenis, que sempre serão leitores, e dos leitores, cuja paixão dá razão à escrita. Neste dia 25, celebramos mais uma vez estes que entenderam a arte de narrar, a arte da escrita e, com elas, a arte de viver”, declarou Antônio Campos.

Coordenadora da Biblioteca Blanche Knopf, Nadja Tenório Pernambucano explica as considerações para a formatação deste evento. “Poderíamos homenagear um escritor já renomado. Debruçarmo-nos sobre a sua obra, a sua forma. Mas preferimos voltar esta iniciativa para novos e potenciais escritores. Quantas obras de qualidade aguardam uma oportunidade apenas para serem publicadas? Também é preciso provocar as novas gerações sobre a força e contemporaneidade da escrita”, diz a coordenadora. Às 10h, ela media a mesa “Desafios e caminhos da escrita”.

Mestranda em Teoria Literária e revisora de textos Giovana Lasalvia integra o debate. Ela promete refletir sobre as inseguranças e alcance da escrita literária. “Desde criança gostava de contar histórias aos amiguinhos. Quando fiquei um pouco mais velha, resolvi escrevê-las. Já a relação com a leitura foi aflorada pelo amor à disciplina de Literatura. Quanto mais eu estudava sobre isso, mais sentia interesse”, relembra. “Às vezes brinco quando me perguntam: o que é literatura? Porque, para mim, a pergunta mais coerente seria: o que não é?”, brinca.

A jornalista Ju Almeida Carneiro também integra a mesa. Ela é preparadora de texto, como atuou para as coletâneas “Sobre a Escrita Criativa III”, da Editora Raio de Sol, e “Contos de Natal”, pela We Coletivo Editorial. Representando os jovens escritores, o graduando em Políticas Públicas no Centro Universitário Tiradentes, Alysson Gabriel Pereira Reis partilhará suas recentes experiências e percepções. Ele é autor de contos, poesias e outros escritos. O diretor da Dimeca integra a mesa, que será mediada pela coordenadora da Biblioteca Blanche Knopf, Nadja Tenório Pernambucano.

Às 11h, a Literatrupe brinda a celebração com a “Tertúlia Poética – Poetas do Brasil”. “São encontros litero-poéticos por trovadores e poetas, com música. Faremos um painel desde Machado de Assis, passando por Austro Costa, que foi um dos primeiros nomes da poesia pernambucana, autor do poema ‘Capibaribe, meu rio’. Depois, é claro, entrarmos nos cânones: Ascenso [Ferreira], [Manuel] Bandeira, Joaquim [Cardozo], Carlos Pena [Filho]”, adianta o diretor artístico Carlos Mesquita. Já às 16h, na Sala Nilo Pereira, no Campus Derby, o grupo apresenta presencialmente o espetáculo infanto-juvenil “Água: planeta vida”.

PROGRAMAÇÃO

9h30 – Abertura  – Lançamento dos Concursos Literários “Novos Escritores” e “Redação para Jovens Leitores /Escritores”

Antônio Campos, presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj)
Mario Helio, diretor de Memória, Educação, Cultura e Arte (Dimeca) da Fundaj

10h – Desafios e caminhos da escrita

Mario Helio, diretor de Memória, Educação, Cultura e Arte (Dimeca) da Fundaj
Giovana Lasalvia, mestranda em Teoria da Literatura pela UFPE, revisora de textos
Ju Almeida Cordeiro, jornalista, preparadora de texto nas coletâneas “Sobre a Escrita Criativa III”, Editora Raio de Sol, e “Contos de Natal”, pela We Coletivo Editorial
Alysson Gabriel Pereira Reis, graduando em Políticas Públicas no Centro Universitário Tiradentes, autor de contos, poesias e outros escritos
Mediação:
Nadja Tenório, coordenadora da Biblioteca Blanche Knopf

11h –  Recital de poesia “Tertúlia Poética – Poetas do Brasil”
Carlos Mesquita, da Literatrupe

16h – Performance teatral “Água, planeta, vida”
Com a Literatrupe (evento presencial)

Dia Nacional do Escritor, na Fundaj

A arte da escrita
25 de julho
9h às 11h pelo YouTube da Fundaj
16h – Sala de Leitura Nilo Pereira

Campus Derby da Fundaj

Sistema de Comunicação de Pernambuco

Copyright © 2021 PE News. Desenvolvido por avanzzada

Grupo Remop