Nos siga nas redes sociais

Cotidiano

Gestantes devem evitar exames não essenciais

Publicado

em

Carlos Reinaldo Marques

Com o crescimento do contágio do Coronavírus e a divulgação de vários óbitos em mulheres grávidas, muitas pacientes gestantes têm procurado seus médicos com dúvidas diversas. O obstetra Carlos Reinaldo Marques faz um alerta: quem tem uma gravidez saudável não deve se preocupar em fazer exames não essenciais, em organizar chás de bebês ou festas nascimento. Isso pode ser um risco à saúde de todos.

“Não é a hora, por exemplo, de fazer uma ultrassonografia apenas para descobrir o sexo do bebê. Isso pode esperar”, diz o médico. Há também exames que podem ser adiados se o quadro clínico da gestante estiver bem. Carlos Reinaldo conta que vem recebendo muitas dúvidas de pacientes querendo antecipar o parto, através de cirurgia. Ele alerta que a cesariana eletiva pode expor ainda mais a mulher e o bebê, que ainda não está pronto para o nascimento. A cesariana só é indicada se houver agravamento súbito de sua situação de saúde.

Durante o parto, apenas uma pessoa deve acompanhar a gestante e essa pessoa precisa estar saudável. “Não há necessidade, por exemplo, de um familiar e, ainda uma doula” ressalta Marques, acrescentando que durante a estada no hospital, nada de parentes, amigos, flores, presentes, tortas. “Vivemos uma realidade diferente da que estamos acostumados”, diz Após o parto, todos os cuidados de higiene devem ser mantidos, além do isolamento. Não é hora de visitas.

Quem tem planos de engravidar deve pensar na ideia de adiar esse planejamento. Um dos motivos é não se expor aos problemas pelos quais estamos vivendo e ainda não sobrecarregar o sistema de saúde. Já para as gestações de alto risco, os cuidados devem ser redobrados.

Continue Reading
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *