Governadores do Nordeste vão lançar auxílio de R$ 500 para crianças e adolescentes cujos pais morreram na pandemia

 Governadores do Nordeste vão lançar auxílio de R$ 500 para crianças e adolescentes cujos pais morreram na pandemia

Os governadores do Nordeste vão lançar, na próxima quarta-feira (25), um auxílio financeiro de R$ 500 para crianças e adolescentes que ficaram órfãos na pandemia de covid-19. O benefício será dentro do programa “Nordeste Acolhe”, a ser lançado durante evento em Natal (RN), pelo Consórcio Nordeste.

O objetivo é a promoção de ações de proteção social às crianças e aos adolescentes em situação de orfandade em decorrência da covid-19, no campo da política pública de assistência social integrada.

Os estudos para o programa foram de iniciativa da Câmara Temática da Assistência Social, composta pelas secretárias e secretários de assistência social dos nove estados da região.

O auxílio de R$ 500 deverá ser pago mensalmente até os jovens completarem a maior idade, ou seja, 18 anos.

“Inspirado na experiência do Estado do Maranhão, o Programa Nordeste Acolhe estabelece diretrizes para as ações dos estados consorciados de proteção social às crianças e adolescentes em situação de orfandade, seja bilateral ou de famílias monoparentais, em situação de vulnerabilidade e risco pessoal e social, com ações sobretudo nas áreas da saúde, educação e trabalho, com respeito às especificidades dos estados. Institui ainda auxílio financeiro de R$ 500 continuado como instrumento de segurança de renda, que deverá ser pago mensalmente até o alcance da maioridade civil”, diz nota do consórcio.

Na ocasião do lançamento, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), irá também assinar mensagem encaminhando à Assembleia Legislativa do estado o Projeto de Lei criando o Programa RN Acolhe. Os demais oito governadores deverão seguir o mesmo trâmite nos estados.

*Do blog de Jamildo

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas