Governo de Pernambuco Traça Estratégias para Ampliar Voos Internacionais e Impulsionar Turismo

 Governo de Pernambuco Traça Estratégias para Ampliar Voos Internacionais e Impulsionar Turismo

Presidente da Empetur Eduardo Loyo – Foto: Jorge Pinho

O Governo do Estado de Pernambuco, por meio da Secretaria de Turismo e Lazer (Setur-PE) e da Empresa de Turismo (Empetur), está empenhado em impulsionar o turismo internacional, buscando intensificar as conexões aéreas e abrir novas rotas. Desde o início de 2023, a gestão estadual vem dialogando com companhias aéreas para ampliar a oferta de voos internacionais, indo além do já lançado para Orlando e Fort Lauderdale, e do aumento de frequência para Buenos Aires. Novas possibilidades, como a rota Recife-Ilha do Sal, em Cabo Verde, Recife-Porto e outros destinos sul-americanos, estão na pauta.

O presidente da Empetur, Eduardo Loyo, destaca o esforço contínuo para restabelecer conexões interrompidas pela pandemia e, ao mesmo tempo, expandir a malha aérea do Estado, tornando-o ainda mais atrativo para turistas estrangeiros. “Pernambuco vem sendo bastante procurado por turistas internacionais pelos nossos destinos incríveis que vão do litoral ao sertão. Dessa forma, estamos buscando facilitar a chegada desses turistas com novas rotas e frequências para que se sintam estimulados a conhecer e experimentar o que temos de melhor com um maior conforto e comodidade“, afirma Loyo.

O secretário de Turismo e Lazer, Daniel Coelho, enfatiza a relevância das novas conexões para o estado, abrindo portas para os atrativos pernambucanos. “Essas conexões são extremamente importantes para o nosso Estado, abrindo as portas dos nossos atrativos para os visitantes estrangeiros. Os benefícios econômicos e sociais desse aumento do turismo são imensos. Pernambuco é um estado com uma diversidade de atrações turísticas que agrada a todos os gostos“, destaca Coelho.

Malha aérea

Atualmente, o Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, oferece conexões para cinco destinos internacionais, sendo Buenos Aires (Argentina), via Gol; Lisboa (Portugal), pela TAP; Fort Lauderdale (EUA), Orlando (EUA) e Montevidéu (Uruguai), os três últimos pela Azul. Essa diversidade de voos reflete diretamente no público internacional que visita o estado, com argentinos, uruguaios e portugueses liderando as estatísticas de turistas estrangeiros em 2023.

No Nordeste, Pernambuco se destaca como líder em movimentação aérea, prevendo para novembro um total de 6.403 voos, entre pousos e decolagens. Em comparação, Salvador, segunda colocada, terá uma média de 4.438 voos, enquanto Fortaleza, capital do Ceará, contará com 2.911 voos em seu principal aeroporto. Maceió, em Alagoas, espera receber 1.385 voos, sublinhando a posição de destaque de Pernambuco no cenário aeroportuário da região.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *