Nos siga nas redes sociais

Política

Incêndio destrói Mercado de Artesanato de Itapissuma

Publicado

em

Um incêndio de grandes proporções destruiu o Mercado de Artesanato de Itapissuma, Região Metropolitana do Recife, e também o Pub Praça do Vinil, na tarde desta quarta-feira (13).

As chamas começaram por volta das 12h. O Corpo de Bombeiros está no local e a Defesa Civil foi acionada.

O Mercado de Artesanato de Itapissuma fica no Polo Gastronômico do município e foi reaberto no último dia 15 de agosto, totalmente reformado.

As chamas foram controladas e até o momento não há nenhum ferido. Vale ressaltar também que os boxes que compõem o complexo comercial da tradicional Caldeirada de Itapissuma não foram afetados diretamente pelo fogo, no entanto, qualquer afirmação só poderá ser emitida após o laudo técnico das autoridades competentes.

SOBRE O MERCADO

O Mercado de Artesanato de Itapissuma foi inaugurado em maio de 2018 com objetivo de enaltecer os artesãos locais com seus trabalhos expostos à venda, como espaço turístico. Foi fechado por conta da pandemia e reaberto no dia 15 de agosto deste ano, com o espaço todo restaurado, com revestimento de vidros, todo climatizado e decorações com materiais artesanais.

NOTA OFICIAL

De acordo com a Prefeitura de Itapissuma, no início da tarde desta quarta-feira (13), um incêndio colocou abaixo o centro de artesanato, que deixou comprometida a estrutura da caldeirada que é símbolo maior do Turismo.

O Prefeito da Cidade de Itapissuma (Zé de Irmã Teca) ressalta que se compromete a reconstruir o Mercado. “Foram momentos de angústias e dos males o menor, nenhum incidente com pessoas, nem ferido ou machucado, apenas com prejuízo material. A prefeitura vai dar todo apoio financeiro e assistencial no que for preciso neste momento”. Afirmou o prefeito.

Um pedido de apoio já foi enviado ao Governo do Estado e Federal, acionado pelo setor jurídico com projetos de leis emergenciais para poder dar este suporte aos trabalhadores do mercado.

Já foram entregues às unidades competentes responsáveis, IC (Instituto de criminalista), Bombeiros e à polícia, para dar o desfecho e entender como gerou esse acidente.

De acordo com o prefeito já foi solicitada a interdição da área. “Pedimos a consciência de todos que evitem passar pelo local, pois há risco de desabamento”. O secretário de obras já pediu para interditar a área, para não trafegar pessoas, nem carros. “Colocaremos gelos baianos e pedimos que todos tratem com os cuidados necessários o que o momento requer. A caldeirada foi interditada pela defesa civil e pelos bombeiros até segunda ordem. Estamos aguardando um parecer para poder tomar as providências legais e prestar as assistências legais”, concluiu o prefeito.

Sistema de Comunicação de Pernambuco

Copyright © 2021 PE News. Desenvolvido por avanzzada

Grupo Remop