Nos siga nas redes sociais

Especiais

Janguiê Diniz adquire controle de startup educacional e mira IPO na Nasdaq

Publicado

em

O empresário Janguiê Diniz, fundador do grupo Ser Educacional, membro da lista da Forbes, adquiriu, por meio do seu Family Office Epitychia, o controle da startup educacional Edulabzz. Com o investimento, a Edtech, que hoje compete com as maiores plataformas nacionais de EAD, mira expandir ainda mais o seu mercado e se tornar uma potência mundial do setor de tecnologia educacional, chegando, no futuro, a realizar um IPO na Nasdaq.

A Edulabzz é um laboratório de inovação especializado em Edtech (tecnologias voltadas para a educação), que desenvolveu a plataforma Toolzz: um pacote de aplicações educacionais inovadoras focadas na experiência do usuário, que proporcionam a modernização da educação e a oferta de novas formas de ensinar por meio da tecnologia. A empresa cresceu cerca de 445% desde o início da pandemia devido ao aumento na procura por tecnologias educacionais por parte das escolas, universidades e empresas. “Eu já investia na Edulabzz, pois acreditava em seu potencial como desenvolvedora de soluções criativas e inovadoras no setor de educação. Agora, passamos a trabalhar em conjunto para que a empresa se desenvolva ainda mais e possa, em breve, fazer uma oferta de ações na Nasdaq que a leve a outro patamar”, pontua Janguiê Diniz. “A Edulabzz já é uma empresa de sucesso e vem ofertando produtos e serviços que estão revolucionando o mercado educacional, com qualidade e robustez. É, sem dúvida, um case de sucesso que tem muito ainda a crescer”, completa.

A plataforma Toolzz da Edulabzz funciona como uma “Netflix da educação”: permite que qualquer um, de qualquer lugar do mundo, possa criar sua própria plataforma digital de aprendizagem em minutos, oferecendo uma experiência educacional inovadora, sem ter a necessidade de programar nada e com um custo de assinatura mensal muito baixo (entre R$ 2 e R$ 5 por aluno/mês). Todas as soluções do pacote são 100% personalizáveis e a plataforma é distribuída no modelo SaaS (software as a service) com funcionamento na nuvem, além de não exigir instalação e nem servidor próprio do cliente.

 

 

Entre os aplicativos da plataforma, estão: o Toolzz Play, que funciona como uma Learn Experience Platform (LXP) e proporciona uma experiência de aprendizagem futurista, alinhada com as novas gerações; o Toolzz Cast, para os alunos que desejam ouvir podcasts educacionais;  o Toolzz Mentor, que conecta alunos e professores, permitindo agendar uma sessão com o mentor;

o Toolzz Master, com o qual os educadores podem criar atividades, exercícios, quizzes, provas online, aulas em diversos formatos e gamificar o conteúdo; além do Toolzz Manager, para acompanhar relatórios, tanto dos alunos quanto dos professores, em tempo real.

 

“Neste momento estamos implantando uma inteligência artificial na plataforma, com a qual será possível recomendar conteúdos, cursos e aulas de forma adaptativa e personalizada, de acordo com as interações do aluno na plataforma, algo semelhante à Netflix, ao Facebook e ao Google. A plataforma irá conseguir definir padrões individuais para cada usuário através do seu interesse e dificuldade de aprendizagem, pois cada clique no sistema, cada resposta correta ou errada será analisada pelo algoritmo e gerará um perfil personalizado de cada aluno”, explica Lucas Moraes, empreendedor de 26 anos, fundador e CEO da Edulabzz que comanda a empresa desde sua fundação em 2014. Ele reforça que o plano da empresa é ser a “Microsoft da Educação” e concorrer com gigantes do mercado de tecnologia como Google e Apple, que também já possuem pacotes de soluções para educação online.

 

 

5 anos em 5 meses

Durante a pandemia, a Edulabzz focou em melhorar e desenvolver sua plataforma online para que escolas, universidades e empresas possam reagir à paralisação das atividades presenciais. Novas funções foram adicionadas ao pacote Toolzz desde o início da crise: salas de aula remotas, transmissões ao vivo, grupos de estudo, sistemas de turmas, mural da turma, sistema de criação de provas, sistema de correção de atividades – todas essas inovações foram implementadas para ajudar os professores e gestores educacionais a manterem seus alunos aprendendo de forma organizada, mesmo estando em casa.

“Antes da pandemia, o Toolzz já era uma referência internacional em tecnologia educacional 4.0, porém, com as medidas restritivas, fomos forçados a implementar, em cinco meses, todas as inovações que estavam previstas para os próximos cinco anos.”, destaca Lucas Moraes.

 

Clientes

Grandes players já são clientes da Edulabzz: o grupo Ser Educacional, um dos maiores grupos de educação superior privada do país; o Sistema de Ensino J. Piaget; a Mlabs; a Startse; o Instituto Êxito de Empreendedorismo; a Órama Investimentos; a CPFL; a LIVE ARENA e outras 130 empresas fazem parte deste grupo de instituições que estão saindo na frente quando o assunto é inovar na educação. A plataforma já acumula centenas de milhares de alunos conectados diariamente.

Recentemente, a empresa investiu no seu setor de Canais de Vendas e fechou parcerias com empresas como Sambatech, CIEE, Eduzz e ABMES para distribuir a solução Toolzz em larga escala para diferentes setores.

Os planos básicos, para assinatura do pacote, são bastante acessíveis para instituições que estão começando o projeto de EAD e melhoram conforme a quantidade de alunos aumenta, já que o valor unitário por aluno diminui quanto maior for o número de usuários do plano.

Sobre a Edulabzz

A Edulabzz é um laboratório de inovação educacional que desenvolveu um conjunto de apps e plataformas educacionais, chamada Toolzz. A plataforma reúne, em um só lugar, todas as ferramentas que uma escola ou universidade precisa para evoluir para a Educação 4.0. Mais informações: toolzz.com.br/edulabzz.

Sobre a Epitychia

Family Office que se tornou um Venture Capital, fundada em 2016 na cidade de São Paulo por Janguiê Diniz e seu filho Thales Janguiê, a Epitychia visa investir em empresas com grande potencial de crescimento e startups. Desde sua fundação, já investiu e desinvestiu em diversas empresas como a Pitang IT, Edulabzz, Goowit, Be Academy, Live Arena, Defender, Kiduca, Great Pages, entre outras.

Continue Reading
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Comunicação de Pernambuco

Copyright © 2021 PE News. Desenvolvido por avanzzada

Grupo Remop