Jaqueira, na Mata Sul, entra no Mapa do Turismo Brasileiro

 Jaqueira, na Mata Sul, entra no Mapa do Turismo Brasileiro

Prédios históricos – foto Laercio Silva

Município recebeu a Princesa Isabel após a Guerra dos Cubanos; charmoso local costuma receber visitantes 

Com vocação turística, pela primeira vez, em seus 26 anos, Jaqueira, município localizado na Mata Sul de Pernambuco, entrou no Mapa do Turismo Brasileiro junto com outras 9 cidades, incluindo São Benedito do Sul. Juntos, os dois municípios fazem parte da rota Águas da Mata Sul. Com este novo levantamento divulgado pelo Ministério do Turismo, o Estado saltou de 76 para 85 municípios distribuídos em 15 regiões de desenvolvimento com potencial turístico.

A prefeita de Jaqueira, Ridete Pellegrino, contou que a cidade tem potencial para ser explorada no segmento turístico. “Com a inserção no Mapa, será fundamental a construção de novos projetos que propague nosso município que é rico em história, tradições e tantas belezas naturais. A expectativa da nossa gestão é desenvolver a econômica local com o oferecimento de atrativos turísticos, estamos empenhados para tornar Jaqueira como opção para o lazer da região da mata sul”, destacou a prefeita, sobre a proposta de buscar investimentos, projetos e ações de valorização do segmento.

Ainda sem um roteiro turístico, mesmo assim Jaqueira costuma atrair turistas, segundo o secretário municipal de Cultura e Turismo, Vinicius Melo. “A identidade de Jaqueira é ligada aos pontos naturais como Serra do Espelho e Serra do Urubu; e outros históricos como a Capela e antiga Colônia Militar Pimenteira, onde atualmente funciona o Educandário São Joaquim. O charmoso local, recebeu a Princesa Isabel e o seu esposo, que chegaram a dormir após a Guerra dos Cubanos, entre 1832 e 1836”, relembra Vinicius.

Ainda segundo o secretário, a Estação Ferroviária é outro ponto turístico, que foi reaberto em fevereiro deste ano após quase um ano de obras de restauração. De valor histórico, a obra da prefeitura transformou a antiga via de transporte, em um lugar voltado para o fomento da cultura e do turismo local. Agora, o prédio é voltado para guardar experiências culturais e turísticas passando a funcionar como a sede da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.

A Serra do Espelho é formada por rochas do complexo cristalino, constituindo um conjunto de morros e colinas, costuma receber turistas, aventureiros de trilhas e pesquisadores de diversos países, local guarda a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Frei Caneca.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *