Laboratórios digitais ajudam jovens a aprender matemática e física ao realizar projetos no Recife

 Laboratórios digitais ajudam jovens a aprender matemática e física ao realizar projetos no Recife

Cerca de 20 mil inscritos nas duas unidades do Compaz ganham, a partir desta quinta-feira (26), equipamentos para colocar ideias em prática e solucioinar desafios de programação eletrônica.

erca de 20 mil inscritos nas duas unidades do Centro Comunitário da Paz (Compaz), nas Zonas Norte e Oeste do Recife, ganham, a partir desta quinta-feira (26), laboratórios digitais para colocar projetos em prática. Os equipamentos, doados pela empresa paulista Explorum, permitem que os alunos, a partir dos 10 anos, aprendam matemática e física, enquanto realizam projetos de programação e eletrônica.

Com o software e equipamentos já à disposição nos Compaz, os jovens podem colocar em prática desde projetos de eletrônica a programação de jogos. “Nós damos as ferramentas com conteúdo para que o aluno aprenda a fazer sozinho suas próprias coisas. Queremos empoderar essa pessoa. Ele vai aprendendo matérias na prática, enquanto realiza projetos”, explica Marcos Rossi, um dos fundadores do Explorum.

Professores em treinamento da equipe antes de apresentar projeto aos alunos (Foto: Divulgação/Compaz)

Professores em treinamento da equipe antes de apresentar projeto aos alunos (Foto: Divulgação/Compaz)

Os projetos serão passados pelos professores, com base no plano de ensino do educador e no nível do aluno. Os professores receberam um treinamento da equipe do Explorum antes de apresentar o projeto para os jovens, nesta quinta.

O Explorum existe desde 2015 e está presente em 40 escolas da rede privada e pública de São Paulo. A capital pernambucana é a primeira cidade fora daquele estado a implantar a ideia.

“Estamos vivendo uma sensação incrível, porque a quantidade de cadastrados no Compaz é bem maior que o número de alunos dessas 40 escolas em São Paulo. Estamos felizes, porque é um movimento importante para se fazer em colégios”, finaliza Marcos.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *