Maraial lança o Programa Criança Feliz

 Maraial lança o Programa Criança Feliz

Na manhã desta sexta-feira, a Secretaria de Assistência e Promoção Social da cidade de Maraial, na pessoa da Sra. Sabrina Marques, realizou o evento de lançamento do Programa Criança Feliz, uma iniciativa do Governo Federal voltada ao desenvolvimento infantil.

Reportagem Robson Ouro Preto Fotografias Junior Novacosque

Os resultados observados mostram o potencial transformador do programa. “O Criança Feliz trabalha com a população mais pobre, que depende do Bolsa Família para colocar comida na mesa, mas só transferir renda não é suficiente. Precisamos dar às crianças condições de se desenvolverem, de chegarem à escola mais preparadas. Assim, elas terão acesso a melhores oportunidades no futuro. Este trabalho precisa começar cedo. Quando o trabalho acontece, toda a família é beneficiada”, afirmou a Coordenadora do Programa Criança Feliz do município Itala Miranda.

Reportagem Robson Ouro Preto Fotografias Junior Novacosque

A primeira-dama do município, Sra. Sabrina Marques, destacou o papel dos visitadores para o sucesso da iniciativa. “A alegria e satisfação vem desde o dia em que o município foi contemplado com o Programa Criança Feliz, muito mais hoje, poder ver de perto o programa se concretizando é gratificante e emocionante. Quero registrar também a importância dos visitadores do Criança Feliz. Eles são a força do programa, junto com as famílias beneficiadas”,disse

Está à frente do programa em esfera nacional, o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, e da primeira-dama, Marcela Temer.  Mais de 40 mil pessoas contam hoje com o acompanhamento domiciliar do Criança Feliz. O programa está presente em 636 cidades de todas as regiões do país.

Reportagem Robson Ouro Preto Fotografias Junior Novacosque

O programa – Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o Criança Feliz busca promover o desenvolvimento infantil por meio de visitas domiciliares. Nos encontros, os profissionais orientam os pais sobre os estímulos adequados para o desenvolvimento físico, cognitivo e afetivo da criança. São atendidos os beneficiários do Bolsa Família, da gestação aos 3 anos, e as crianças de até 6 anos que recebem o Benefício e Prestação Continuada (BPC).

Reportagem Robson Ouro Preto Fotografias Junior Novacosque

Durante capacitação, os visitadores aprenderam a trabalhar com técnicas de interação baseadas em uma metodologia desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O objetivo é dar a melhor resposta às necessidades das famílias, respeitando sua a autonomia, cultura e direitos.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *