Ministro da Justiça não garante permanência de diretor da PF

 Ministro da Justiça não garante permanência de diretor da PF

_61U5349.JPG BRASILIA BSB DF 24/06/2017 POLITICA Entrevista coletiva do diretor geral da Policia Federal Leandro Daiello Coimbra e o Ministro da Justiça Torquato Jardim na sede do Ministerio em Brasilia Foto: DIDA SAMPAIO/ESTADAO

BRASÍLIA – Em um pronunciamento de menos de cinco minutos ao lado do diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, o ministro da Justiça, Torquato Jardim, criticou neste sábado, 24, informações sobre a substituição do chefe da corporação, mas não garantiu sua permanência no cargo. “Não há nomes, e sim instituições. Não estamos preocupados com personalidades, estamos comprometidos com a instituição”, afirmou Torquato.

O Ministério da Justiça havia informado que haveria uma entrevista coletiva para desmentir o que a pasta chamou de “boatos” sobre a saída do diretor-geral da PF do cargo. Os jornalistas, porém, não puderam fazer perguntas.

“O Ministério da Justiça e a Polícia Federal fazem questão de expressar à sociedade brasileira a sua absoluta harmonia na condução das duas instituições. O noticiário que está aí é, para usar um termo moderno, a pós-verdade, não corresponde à realidade”, disse Torquato.

Fonte: Estadão

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *