Morar Bem: Governadora Raquel Lyra Fortalece Compromisso com Habitação e Reúne 52 Movimentos Sociais em Pernambuco

Governadora destaca a habitação como prioridade, entregando sonhos da casa própria e buscando recursos para reduzir déficit habitacional.
 Morar Bem: Governadora Raquel Lyra Fortalece Compromisso com Habitação e Reúne 52 Movimentos Sociais em Pernambuco

Foto: Divulgação

No firme compromisso de tornar a habitação uma prioridade em Pernambuco, a governadora Raquel Lyra liderou um encontro histórico nesta quarta-feira (1º) ao reunir representantes de 52 movimentos sociais. Nesse evento, realizado no auditório do Cais do Sertão, no Recife, a governadora reafirmou o empenho do Estado em buscar recursos para reduzir o déficit habitacional, destacando a importância da habitação de interesse social como uma das principais metas do Governo.

Em apenas dez meses, a gestão atual concretizou o sonho da casa própria para 736 famílias pernambucanas que há anos aguardavam a entrega de residenciais que estavam com obras paralisadas. Além disso, mais de 3.800 escrituras foram entregues a famílias que viviam sem o título de propriedade de suas residências, o dobro do número de entregas realizadas nos últimos quatro anos.

A governadora Raquel Lyra enfatizou a confiança estabelecida entre seu governo e os movimentos sociais, destacando as alianças com o governo federal e municípios para assegurar que a habitação se torne uma realidade. Ela declarou: “O nosso papel é construir caminhos para que possamos ter um Estado melhor de se viver, e isso começa pelo direito à moradia.

O programa Morar Bem Pernambuco é uma iniciativa direcionada às famílias de baixa renda, com a meta ambiciosa de destinar 50 mil imóveis para a população. Dentre eles, 40 mil unidades contarão com títulos de regularização fundiária, e 10 mil casas serão construídas a partir da retomada de obras anteriormente paralisadas. A secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Simone Nunes, ressaltou o investimento recorde em habitação, que supera os R$ 330 milhões para o ano de 2024, destinados à retomada de obras, chamamentos e regularização fundiária.

Além disso, o programa Morar Bem Pernambuco lançou a modalidade “Morar Bem – Entrada Garantida” em julho, com o objetivo de oferecer moradias dignas à população. O governo oferece subsídios de até R$ 20 mil para famílias com renda de até dois salários mínimos, permitindo a compra do primeiro imóvel. O investimento previsto para essa modalidade nos próximos 12 meses é de R$ 200 milhões.

Lídia Brunes, coordenadora do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), agradeceu o diálogo com o governo estadual e ressaltou a importância da habitação de interesse social. “A governadora está reafirmando o que foi colocado na última reunião que teve com os movimentos sociais. Quem mora em ocupação sabe o quanto é necessário construir habitações de interesse social. Agradecemos que o governo tenha abraçado nossa causa“, comentou Lídia, ao expor as reivindicações do grupo.

O encontro contou com a participação do secretário da Casa Militar, coronel Hercilio Mamede; do executivo de Desenvolvimento Urbano e Habitação, André Fonseca; do diretor-presidente da Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab), Paulo Lira; e do diretor de Projetos Habitacionais da Cehab, Luiz Byron. Nesse momento crucial, o Estado de Pernambuco reforça seu compromisso com a habitação como um direito fundamental, colaborando com a sociedade para proporcionar uma vida digna a todos.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *