O papel da comunicação nas eleições

 O papel da comunicação nas eleições

Dany Amorim

Devido ao momento de Pandemia que infelizmente ainda estamos vivenciando, o pleito eleitoral deste ano foi atípico para todos os participantes: eleitores, candidatos e suas equipes. Foram muitas mudanças impostas, principalmente na comunicação, onde a importância do seu papel foi mais uma vez fortalecido, deixando claro que produzir a “Comunicação Eficaz” faz toda a diferença na conquista de resultados positivos.

Na mina opinião, a pandemia está fazendo às vezes de um catalisador, um acelerador de mudanças que na verdade, já vinha acontecendo. A comunicação, claro, não fica de fora dessas transformações impostas pelo novo Coronavírus. Com as medidas de distanciamento, isolamento e quarentena, as ferramentas digitais assumiram posição ainda mais importante para os que concorreram aos cargos de prefeitas, prefeitos, vereadoras e vereadores.

Mais do que um repositório dos encontros e agendas do dia a dia, de mensagens detalhando propostas e reforçando sua imagem, a maioria dos candidatos utilizaram as mídias digitais também para estreitar laços com o eleitor, acolhendo-o com presença intensificada e com produção de conteúdo focado e segmentado.
Nesse ponto, fez a diferença o trabalho de analisar o público de suas redes e identificar possíveis influenciadores. Dessa forma, eles foram abastecidos com material e até treinamento, intensificando assim, a campanha virtual e o alcance das pessoas.

Outra ferramenta utilizada também foi a produção de vídeos, sempre roteirizados com produção e edição e com informações gerais ou específicas sobre determinado setor, público ou ação. Essa mídia gerou bons resultados, principalmente os realizados em pílulas de até 1 minuto, o que facilitou sua proliferação por meio de aplicativos e redes sociais.

É bem verdade que mesmo com a tecnologia à disposição e meios de comunicação na palma da mão, muitos envolvidos nas eleições não respeitaram as normas de segurança em relação ao combate e prevenção à COVID-19. Sou ciente que estamos acostumados com o porta a porta, o contato caloroso e bate-papo pelas ruas, mas vivemos uma situação atípica e insegura, por isso a necessidade de cada um cumprir um planejamento de ações responsáveis que contemplem o coletivo e não apenas o individual.

Precisamos unir a forças para o bem comum. Por isso, esperamos que os representantes que foram escolhidos nas urnas realmente pratiquem a comunicação eficaz, aquela que atinge com efetividade seu objetivo, que é transmitir conteúdos com verdade, responsabilidade, clareza, utilizando os mais diversos tipos de canais de comunicação para isso. A comunicação eficaz não é apenas o conteúdo transmitido, mas o que transforma atitudes e contribui para a evolução do ser humano. É isso!

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas