Orquestra Sinfônica do Recife e Aria Social anunciam novos concertos sob a regência da maestrina Rosemary Oliveira no Teatro de Santa Isabel

 Orquestra Sinfônica do Recife e Aria Social anunciam novos concertos sob a regência da maestrina Rosemary Oliveira no Teatro de Santa Isabel

Foto: Fernando Azevedo/Aria Social

Após o estrondoso sucesso dos concertos da Orquestra Sinfônica do Recife (OSR) e do Aria Social, sob a regência da maestrina Rosemary Oliveira, a Prefeitura do Recife, por meio de sua Secretaria de Cultura, anuncia novas apresentações no Teatro de Santa Isabel nos dias 29 e 30 de novembro. O público terá duas oportunidades adicionais de presenciar o concerto histórico que marcou o retorno da orquestra ao comando de uma mulher, após 73 anos, lotando o prestigioso teatro no início do mês.

As apresentações, marcadas para as 20h, serão gratuitas, com ingressos disponibilizados pelo Conecta Recife no dia anterior e também na bilheteria do teatro uma hora antes do espetáculo. O programa manterá as aclamadas árias de Mozart, como “Se vuol ballare“, “Voi, Che Sapete” e “Cinque… diece… venti… trenta”, com os solos dos cantores líricos Rodrigo Lins e Gleyce Vieira, ambos integrantes do projeto, e 58 jovens do Coro do Aria Social.

O ponto alto da segunda parte do concerto será a apresentação da “Missa Armorial“, obra-prima do compositor pernambucano Capiba, com arranjo do maestro Clóvis Pereira. O Coro do Aria Social, além de entoar as harmonias, realizará uma coreografia impactante, conferindo ao espetáculo uma expressividade visual única. O figurino é assinado por Beth Gaudêncio, e a coreografia é de Ana Emília Freire.

A maestrina Rosemary Oliveira, convidada pelo diretor artístico e maestro titular da OSR, Lanfranco Marcelletti Jr., tornou-se a primeira mulher a reger a Sinfônica do Recife desde Leonídia Sodré (1903-1975), primeira maestrina do Brasil e da América do Sul, em setembro de 1950. Emocionada, Rosemary destaca a experiência única de reger músicos profissionais ao lado de um coro formado, em sua maioria, por estreantes em palcos. A maestrina expressa sua gratidão ao maestro Lanfranco, à OSR por recebê-la tão bem, e a Cecília Brennand pelo apoio em sua jornada musical como vice-presidente do projeto Aria Social.

Cecília Brennand, presidente do projeto, compartilha sua alegria em apresentar novamente o concerto, ressaltando a grandiosidade da Missa Armorial e a singularidade de Rosemary Oliveira. Agradece também à OSR, ao secretário municipal de Cultura, Ricardo Melo, e ao maestro titular da orquestra, Lanfranco Marcelletti Jr., pelo reconhecimento da grandeza da maestrina, destacando o papel fundamental do Aria Social na promoção da cultura pernambucana.

O Teatro de Santa Isabel será novamente palco desse evento magnífico, unindo música, voz e movimentação, numa celebração imersiva da riqueza cultural pernambucana.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *