PDT Manifesta Interesse em Volta de Túlio Gadêlha, mas Migração Enfrenta Desafios Eleitorais e Crise Partidária

 PDT Manifesta Interesse em Volta de Túlio Gadêlha, mas Migração Enfrenta Desafios Eleitorais e Crise Partidária

Foto: Reprodução

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) expressa o interesse em reintegrar às suas fileiras o deputado federal Túlio Gadêlha, que deixou a legenda no final de 2021. Contudo, a possibilidade enfrenta desafios consideráveis, principalmente devido ao risco iminente de perda do mandato parlamentar, tornando o cenário político um campo minado.

A saída de Gadêlha do PDT no ano passado ocorreu em meio a discordâncias fundamentais com o partido, notadamente relacionadas ao apoio pedetista à candidatura de João Campos (PSB) à Prefeitura de Recife em 2020.

As atuais negociações entre o deputado e o PDT ocorrem em um momento estratégico, com movimentações intensas visando as eleições municipais. Gadêlha, cogitando disputar a prefeitura, encontra resistência na federação PSOL-Rede, que já planeja lançar a deputada estadual Dani Portela (PSOL) como candidata.

Entretanto, o cenário eleitoral ganha complexidade diante da crise interna no PDT no Ceará, onde o senador Cid Gomes, irmão do ex-presidenciável Ciro Gomes, pode migrar para o PSB. Uma eventual ruptura entre os partidos no Ceará poderia reverberar em Pernambuco, especialmente pela pressão do PT para indicar a vice do atual prefeito, retirando o PDT da gestão municipal.

A possível migração de Gadêlha para o PDT enfrenta um impasse significativo: a ameaça de perda do mandato parlamentar. Conforme as regras do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a desfiliação justificada ocorre somente em casos de desvio do programa partidário, discriminação política pessoal e durante a chamada janela partidária.

Além disso, Gadêlha enfrenta tensões internas na Rede, sendo acusado por aliados de Heloísa Helena de agir em conjunto com uma tesoureira afastada pela presidente do partido, a ministra Marina Silva (Meio Ambiente). O retorno do deputado ao PDT não apenas representa um desafio pessoal, mas também reflete as nuances e instabilidades do atual cenário político no estado.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *