Por reformulação, Náutico minimiza alto número de contratações este ano

 Por reformulação, Náutico minimiza alto número de contratações este ano

Vice-presidente de futebol Emerson Barbosa disse que peças foram trazidas também para suprirem saída de outros 14 atletas do elenco alvirrubro durante temporada

A crise financeira fez o Náutico readequar a folha salarial do elenco. Segundo a atual diretoria de futebol, a redução foi de R$ 1,2 milhão para R$ 450 mil. Por isso, o clube teve de contratar reforços mais em conta. Para a Série B, chegaram 18. São quase dois times completos. A despeito do alto número de aquisições, a direção lembra que perdeu muitos jogadores ao longo do processo e que os recém-chegados, na maioria, foram trazidos para reposição.

– Tentamos dar todas as peças que Beto Campos está precisando. Estamos precisando repor. Quando a gente fala que contratou 18, não podemos esquecer que saíram 14. Foi uma substituição dos que foram deixando o elenco. Precisamos dar consistência, e o time está mais definido – disse o vice-presidente de futebol Emerson Barbosa.

O último contratado pelo Náutico foi o meia Diego Miranda, que começa a treinar no início da próxima semana. A diretoria alvirrubra pretende anunciar mais duas aquisições.

– Acredito que precisamos encaixar mais algumas funções, jogadores que acrescentem opções táticas ao treinador. A gente entende que haja necessidade de mais uma ou duas peças, mas precisamos fazer com calma – disse o diretor de futebol Diógenes Braga.

Apesar da dificuldade no mercado, a diretoria do Náutico acredita que a vitória sobre o ABC, por 1 a 0, na última terça-feira, pode impulsionar uma melhor campanha na Série B. Com isso, jogadores que antes deram de ombros ao clube podem se animar com a possibilidade de defender o Timbu.

– A gente vinha falando sempre que a pontuação é irreal. O nosso plantel não é o pior da Série B. O Náutico estreou agora na Série B, e a torcida tem de chegar junto. Só vamos conseguir sair desse jeito.

fonte:ge

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *