Prefeitura do Recife Inova com Parceria Histórica: R$ 1 Milhão para Náutico, Santa Cruz e Sport

 Prefeitura do Recife Inova com Parceria Histórica: R$ 1 Milhão para Náutico, Santa Cruz e Sport

Prefeito João Campos recebeu os presidentes de Sport, Santa Cruz e Náutico – Foto: Edson Holanda/ Prefeitura do Recife

Ciente da importância não apenas local, mas também nacional do Náutico, Santa Cruz e Sport, a Prefeitura do Recife fechou uma parceria inédita com o Trio de Ferro pernambucano. Será aportado R$ 1 milhão em cada um dos clubes, que retornará para a sociedade como contrapartida social, com foco no fomento ao esporte da capital. O anúncio foi feito pelo Prefeito João Campos nesta última terça-feira (30), com a presença dos presidentes dos três clubes: Bruno Becker, Bruno Rodrigues e Yuri Romão.

O povo já tinha me abordado na rua pedindo para ajudar o Santa Cruz, mas não faremos só isso. Fechamos uma parceria com os três maiores times do Recife para que a gente possa fazer essa ajuda diretamente, com R$ 1 milhão, e garantindo contrapartidas sociais“, destacou o prefeito João Campos. “Cada clube ajudará em escolinhas, atividades esportivas nos territórios próximos e em equipamentos públicos da cidade. A prefeitura ajuda financeiramente e terá esse retorno. Essa é a hora de todo mundo vestir a mesma camisa. A camisa do Recife, do esporte que consegue tirar uma criança da violência, reduzir crimes, tirar alguém das drogas. Temos uma tradição muito grande do futebol na cidade e temos que trabalhar juntos“, concluiu.

Os mandatários dos três clubes frisaram o poder do diálogo pela busca de maior força para o esporte local. “Como conversávamos antes, o nosso futebol tem passado por momentos difíceis. O Náutico foi protagonista nacional nos anos 60, nós do Santa Cruz em 70 e o Sport, em 90. É importante estarmos aqui e queria parabenizar essa iniciativa“, ressaltou o presidente do Santa Cruz, Bruno Rodrigues. 

Acredito que não existe nenhuma ferramenta mais inclusiva do que o esporte. Esse momento aqui é muito importante para trabalharmos e pensarmos em soluções juntos“, disse Yuri Romão, mandatário do Sport, em discurso que seguiu na mesma linha de Bruno Becker. “Hoje, é relevante destacar que nós aqui, presidentes de Náutico, Santa Cruz e Sport, temos uma sinergia. Temos a consciência de que nosso futebol, com o tamanho dos nossos clubes, é preciso união“, reforçou Bruno Becker, presidente do Náutico. 

O investimento no fomento esportivo se reflete em outros programas da Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Esportes. Além de ser responsável pelo Recife Bom de Bola, maior campeonato de várzea do mundo, em 2023, entrou em campo o programa Gramadão. O projeto transforma locais de prática futebolística pela capital pernambucana, revitalizando totalmente os espaços e aplicando grama sintética. Oito localidades já foram transformadas, começando pela Arena 1×1 no Ibura, na antiga praça do Lixão; seguido pela Vila Aliança, no Ipsep; o Campo do Jardim de Alá, na Imbiribeira; o da Campina do Barreto, no bairro homônimo; o do Bueirão na Torre; o Parque do Caiara, na Iputinga; o Vila Cardeal, em Areias; e o Campo do Onze, em Santo Amaro. O programa Gramadão faz parte do Plano Estratégico para o Recife 2021-2024, Rota do Futuro.   

Os nossos clubes têm torcidas gigantescas, e o trabalho do dia a dia vai muito além do que partidas e disputas de campeonatos“, apontou Rodrigo Coutinho, secretário de Esportes. “Uma quantidade enorme de garotos, garotas e famílias são impactados diretamente por esse lado social das instituições. A gente quer potencializar isso, com um trabalho em equipe, usando a estrutura somada dessas entidades para devolver para a população em melhor suporte no fomento à atividade física“.

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *