Recife Desafia Metas da ONU em Igualdade de Gênero e Meio Ambiente, Revela Pesquisa da Agenda Pública

Cidade enfrenta obstáculos para atingir Objetivos de Desenvolvimento Sustentável até 2030
 Recife Desafia Metas da ONU em Igualdade de Gênero e Meio Ambiente, Revela Pesquisa da Agenda Pública

Foto: Reprodução

À medida que o Brasil busca alcançar as 17 metas globais estabelecidas pela Nações Unidas para 2030, o desafio se intensifica nas cidades, especialmente na capital pernambucana, segundo revelações de uma pesquisa inédita. A análise, conduzida pela renomada Agenda Pública em “Percepção sobre sustentabilidade nas 10 capitais brasileiras“, destaca a urgência de avançar em questões cruciais de igualdade de gênero e preservação do meio ambiente.

A pesquisa, que abrangeu Recife e outras nove capitais, teve como objetivo principal medir a percepção dos entrevistados sobre as metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) em nível municipal, especialmente por meio dos serviços públicos básicos. Os resultados apontam para uma desconexão entre a população e as ações municipais, com 19% dos entrevistados discordando da promoção de igualdade de gênero pela prefeitura, enquanto 28% concordam.

Em relação à proteção ambiental, a pesquisa destaca que 36% discordam da eficácia da prefeitura em proteger o meio ambiente e combater as mudanças climáticas, contrastando com os 21% que concordam. A incerteza permeia, com 38% dos entrevistados optando por não concordar nem discordar.

Sergio Andrade, diretor executivo da Agenda Pública, alerta que, a menos de sete anos do prazo para cumprir os 17 ODS, estratégias emergenciais precisam ser implementadas pelo poder público municipal. Essas estratégias devem priorizar áreas de maior impacto no desenvolvimento, conforme enfatiza Andrade.

Outros resultados da pesquisa ampliam a perspectiva, revelando que 46% dos moradores do Recife discordam do esforço da prefeitura em reduzir pobreza e desigualdade. A participação pública também é questionada, com 40% discordando da capacidade da prefeitura em ouvir as necessidades da população. A eficiência e transparência da gestão municipal também são criticadas, com 44% dos entrevistados discordando da afirmação.

À medida que o prazo para cumprir os ODS se aproxima, a pesquisa ressalta a necessidade urgente de ações concretas. Não menos importante é o destaque para o desconhecimento significativo da população sobre os Objetivos de Desenvolvimento Social da ONU, evidenciando a relevância de iniciativas educativas e informativas para engajar a comunidade nesse desafio coletivo.

Sobre os ODS – A Assembleia Geral da ONU estabeleceu 17 ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) no ano de 2015. Além da igualdade de gênero, as metas incluem outros temas como garantir educação de qualidade; disponibilizar o saneamento básico para toda a população; tornar as cidades locais sustentáveis que preservam o meio ambiente; e tomar medidas urgentes para combater as mudanças climáticas.

Missão 2030: O prazo para agir está se estreitando. Por isso, a Agenda Pública lançou em 2022 um conjunto de propostas para acelerar e direcionar o esforço brasileiro para o cumprimento das metas previstas para 2030. Trata-se do BR22+8, iniciativa formulada no contexto da eleição presidencial e que defende uma agenda de desenvolvimento baseada em princípios de sustentabilidade e inclusão para recuperação econômica para o Brasil (https://reset.org.br/br22mais8/). Essa é a principal bandeira da organização junto à Comissão Nacional dos ODS, que será lançada oficialmente em dezembro de 2023 pela Presidência da República.

Sobre a pesquisa – O levantamento foi feito em colaboração com o Instituto Ideia e ocorreu entre 28 de setembro e 1º de outubro, a partir de 3.024 entrevistas. A pesquisa foi feita com uma amostra por meio de cotas variáveis, que distribuiu a população conforme os dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) 2023 e do Censo 2010 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O site https://gestaopublica.org.br/ disponibiliza análise da percepção dos moradores das capitais de todas as questões sobre Sustentabilidade, tema que integra a Pesquisa da Qualidade de Serviços Públicos nas Capitais Brasileiras.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *