Nos siga nas redes sociais

Política

Recife recebe selo internacional de destino seguro

Publicado

em

Riquezas culturais, naturais e históricas de um lugar são alguns dos pontos que fazem um viajante escolher o destino da sua viagem. Com o cenário imposto pela pandemia do novo coronavírus, a segurança sanitária também passou a ser um fator decisivo na hora de marcar uma viagem. E tudo isso é possível encontrar no Recife. A partir desta segunda-feira (5), a cidade passa a ser reconhecida como destino turístico seguro, com o Selo Safe Travels,do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), chancelado pela Organização Mundial do Turismo. O prefeito João Campos recebeu a placa representativa do selo das mãos do secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes, na manhã desta segunda, no edifício-sede da Prefeitura.

“A gente recebe hoje o Selo Safe Travels que é dado para as cidades e os estados que têm feito um protocolo de turismo seguro. Então esse selo é homologado pelas entidades internacionais de saúde e de turismo e, com isso, a gente garante que o Recife, que é grande polo de serviços e de turismo, vai estar pronto para essa virada, sobretudo agora no segundo semestre. A gente tem medido os casos, estamos tendo uma redução de covid no Recife e em Pernambuco, com isso há uma tendência forte de crescimento do turismo regional e também internacional”, esclareceu João Campos. “

A distinção internacional foi entregue ao Recife pelo Governo do Estado, que virou embaixador do Safe Travels. A certificação foi criada pela WTTC para dar mais confiança aos viajantes e impulsionar o turismo. O selo reforça que o destino contemplado é reconhecido pela adoção de protocolos de biossegurança contra o novo coronavírus. Os primeiros destinos que receberam o Selo WTTC foram Arábia Saudita, Barcelona, Cancún, Portugal e Sevilha (Espanha). Os selos são direcionados a destinos populares globalmente e que se adequam aos protocolos que garantem o turismo de forma segura.

“Ao longo desse tempo de pandemia, o governo do Estado trabalhou na elaboração de protocolos que pudessem dar segurança tanto para a população quanto para os visitantes, os turistas que vêm a Pernambuco. Criamos o selo de Turismo Seguro, selo estadual, que nos permitiu chancelar o selo Safe Travels, que é um selo da WTTC com a outorga da Organização Mundial de Saúde. A intenção desse selo é justamente passar para outros estados e para o restante do mundo que aqui em Pernambuco se cumprem os protocolos exigidos pelas políticas de Vigilância Sanitária. Recife é o primeiro município do Estado a receber o selo Safe Travels. Se faz necessário que 10% dos estabelecimentos tenham o selo Turismo Seguro, 20% cadastrado no Cadastur e uma política eficiente de Vigilância Sanitária, tudo isso se faz necessário para que um município seja atestado com o selo Safe Travels”, explicou o secretário de Turismo e Lazer de Pernambuco, Rodrigo Novaes.

De acordo com a secretária de Turismo e Lazer do Recife, Cacau de Paula, o selo comprova que as ações da Prefeitura, no contexto da pandemia, pela segurança dos recifenses e de quem visita a cidade são eficientes. “A cidade já toma uma série de cuidados. Todos os nossos equipamentos são cadastrados no Cadastur e seguem à risca os protocolos sanitários. Eu tenho feito visitas semanais aos hotéis e aos nossos atrativos, e a gente já sabe que aqui na cidade o turista tem toda a tranquilidade e o conforto de uma cidade que tem segurança para bem receber nesse momento em que ainda estamos atravessando a pandemia. Agora, com a retomada das atividades turísticas, a gente precisa não só saber que a gente cumpre os protocolos, mas divulgar que aqui é uma cidade em que a gente cumpre esses protocolos”, comentou ela.

No Brasil, já receberam o selo Pernambuco, Alagoas, Ceará, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Santa Catarina e São Paulo. Os protocolos de viagens anunciados pelo WTTC foram elaborados seguindo as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), com colaboração da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA), do Conselho Internacional de Aeroportos (ACI) e da Associação Internacional de Cruzeiros Marítimos (CLIA) para garantir o alinhamento de todo o setor.

Ao aderirem ao Safe Travels, os destinos devem cumprir o termo de compromisso voluntário que sugere a implantação dos protocolos de segurança do Selo Turismo Seguro, aumentar o número de estabelecimentos locais no Cadastur e no Selo, além de utilizar materiais promocionais da campanha “Pernambuco Seguro” em suas redes sociais e no site dos municípios.

Em 2020, mesmo com o cenário imposto pela pandemia do covid-19, Pernambuco registrou um fluxo global de turistas de 2.281.115. Em 2019, antes da pandemia, o número chegou a 3.425.796. Atualmente, Recife conta com 85 meios de hospedagem e 17,1 mil leitos disponíveis, de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Pernambuco (ABIH-PE).

Continue Reading
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Comunicação de Pernambuco

Copyright © 2021 PE News. Desenvolvido por avanzzada

Grupo Remop