Último fim de semana do 31º FIG tem programação para todos os públicos

 Último fim de semana do 31º FIG tem programação para todos os públicos

A música é o carro-chefe de cada edição do Festival de Inverno de Garanhuns, no Agreste. A cultura reina, no entanto, também no teatro, na dança, no cinema, no circo, na literatura, na gastronomia, nas artes visuais, na moda, no circo, no artesanato, na cultura popular e quilombola. O último fim de semana da 31ª edição do FIG tem atividades para agradar todos os públicos. Enquanto o palco Dominguinhos recebe artistas como BaianaSystem, Frejat, Baby do Brasil e Carlinhos Brown; o Macuca tem Odair José, Getulio Abelha, Luiz Lins, Larissa Lisboa e Tribo de Jah e Clayton Barros, e no Conservatório haverá concerto da pianista Maria Clara Fernandes, os outros polos do FIG não ficam para trás na pluralidade de atividades.

Como já é tradição, o Parque Euclides Dourado reúne polos que garantem diversão para toda a família. A programação do Figuinho começa sempre no início na tarde com apresentações musicais lúdicas para os pequenos. Domingo (30), por exemplo, Lucas dos Prazeres apresenta seu projeto infantil às 16h40. Já a Lona de Circo Índia Morena conta com duas apresentações diárias, sempre às 14h e às 16h. Nesta sexta (28) o destaque vai para o mágico Alakazam, Patrimônio Vivo de Pernambuco.

A poucos metros da lona se encontra a Galeria Galpão, onde a arte e o artesanato se encontram. Também pelo Euclides Dourado passam diariamente agremiações de cultura popular como parte da programação do Polo Cultura Itinerante, como o Maracatu Raízes do Sertão, Afoxé Omó Inã e o Bloco das Flores.

Na Praça da Palavra Luís Jardim a programação vem homenageando o poeta pernambucano Miró da Muribeca, falecido em julho de 2022. Contações de histórias para as crianças, debates e apresentações poéticas tomam conta de todas as manhãs e tardes do espaço. Neste sábado (28) acontecem três lançamentos de livro, Sonia em fotografia, com Gianni Gianni e Augusto Lins Soares, Ponteiros de Guerra, com Fernanda Limão, e Tirando Tudo Tá Tudo Bem, de Pedro Vinicius, com direito a bate-papo.

E a cultura continua reinando no CPC Sesc! Por lá acontecem as ações de gastronomia, com intervenções, atividades formativas e palestras. Nesta sexta (28) a ação imperdível é Kringó Kronengo – O bom comer xucuru: alimento do corpo, mente e espírito, às 14h. O Sesc também é palco todas as noites de apresentações teatrais e de dança no Teatro Reinaldo Oliveira e na Sala Cênicas. Sábado (29) o destaque de teatro vai para a peça “Um minuto para dizer que te amo” enquanto no domingo (30), encerrando o 31º FIG, acontece o espetáculo de dança Nações Africanas.

É também pelo CPC Sesc que, todas as tardes acontecem as sessões do Cine Jardim, com exibições de curtas e longas-metragens, tanto para o público infantil quanto para o adulto. Neste fim de semana dois filmes premiados estão na programação: Rio Doce, no sábado, e Propriedade. No FIG, a cultura reina em toda sua pluralidade!

Promovido pelo Governo de Pernambuco, por meio da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), com investimento de R$ 10,8 milhões, o FIG 2023 reforçou a valorização do artista pernambucano, que compõe os 20 polos do festival, que prossegue até o próximo dia 31. São 398 atrações culturais. Desse total, 89,70% (357) selecionados pela convocatória são pernambucanos; e 10,30% (41) são de outros estados.

mmscriacoes

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *