Vídeo: motorista do acidente na Tamarineira se desespera após depoimentos de sete testemunhas; júri popular é suspenso

 Vídeo: motorista do acidente na Tamarineira se desespera após depoimentos de sete testemunhas; júri popular é suspenso

O júri popular de João Victor Ribeiro de Oliveira, réu por dirigir bêbado, matar três pessoas e deixar outras duas feridas em um acidente de carro no bairro da Tamarineira, na Zona Norte do Recife, foi suspenso às 19h10 desta terça-feira (15). O julgamento é retomado às 9h da quarta-feira (16) na 1ª Vara do Tribunal do Júri , no Fórum Rodolfo Aureliano, na capital pernambucana.

João Victor é julgado pelos crimes de homicídio doloso, com intenção de matar, e tentativa de homicídio, ambos qualificados por perigo de vida e recurso que impossibilitou defesa das vítimas. Segundo a Polícia Civil, ele ingeriu álcool durante horas consecutivas, misturando bebidas como cerveja e uísque.

Na colisão, ocorrida em novembro de 2017, ficaram feridos o advogado Miguel da Motta Silveira Filho e a filha dele, Marcela, à época com 5 anos. O acidente resultou na morte da esposa dele, Maria Emília Guimarães, 39 anos; do outro filho do casal, Miguel Neto, de 3 anos; e da babá Roseane Maria de Brito Souza, 23 anos, que estava grávida.

Nesta terça, sete testemunhas foram ouvidas diante do júri, composto por cinco mulheres e dois homens. Das testemunhas ouvidas, cinco são comuns entre defesa e acusação. Também prestaram depoimento duas testemunhas de defesa do réu.

Na quarta, o júri é retomado com o depoimento de outras duas testemunhas. Depois, é feito o interrogatório do réu e, em seguida, começa a fase de debates entre defesa e o Ministério Público de Pernambuco, responsável pela acusação.

Após os debates, os sete jurados que compõem o conselho de sentença se reúnem para decidir se João Victor é culpado pelos crimes. A expectativa é de que a sentença saia ainda na quarta-feira.

Com informações do G1 PE

 

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *