Defensoria Pública de Pernambuco abre seleção inovadora para reforçar atendimento a mulheres vítimas de violência

Projeto humanizado busca profissionais do sexo feminino para atuar no Núcleo de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar.
 Defensoria Pública de Pernambuco abre seleção inovadora para reforçar atendimento a mulheres vítimas de violência

Foto: Divulgação

A Defensoria Pública de Pernambuco lança uma iniciativa inovadora e humanizada ao abrir inscrições para uma seleção simplificada de profissionais, preferencialmente do sexo feminino, destinados a fortalecer o atendimento no Núcleo de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar (NUDEM). O projeto tem como objetivo aprimorar o suporte oferecido a mulheres vítimas de crimes relacionados à violência doméstica, sexual, obstétrica, institucional e virtual, assistidas pela Defensoria Pública do Estado.

Estão abertas vagas para assistente social (2), psicólogo (2), pedagogo (2), sendo 10% das vagas reservadas para pessoa com deficiência (PcD). Para todas as funções a carga horária de trabalho é 30 horas semanais. Os salários variam de R$ 2.163,10 e R$ 2.341,11. É exigido ter experiência no mínimo de 03 (três) anos. Os contratos serão temporários, com prazo de 12 meses, podendo ser prorrogados por igual período.

As inscrições para a Seleção Pública Simplificada vão até o dia 19 de janeiro. Vale ressaltar que são gratuitas e serão recebidas via postal (sedex) ou entregues de forma presencial no prédio da Defensoria Pública de Pernambuco localizado na Avenida Manoel Borba, nº 640, Boa Vista, Recife/PE.

A seleção será realizada em duas etapas, sendo a primeira denominada Avaliação Curricular, de caráter classificatório e eliminatório, e a segunda etapa, de caráter classificatória e eliminatória, que será realizada através de Entrevista Presencial, a ser realizada pela coordenação do NUDEM – Núcleo de Defesa da Mulher Vítima de Violência Doméstica e Familiar.

As contratações serão possíveis em razão da celebração de Convênio entre a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco e o Ministério da Justiça e Segurança Pública (Edital 46/2023), com o objetivo de materializar a Política Nacional de Atenção às Vítimas de Crimes.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *