Deputado Clodoaldo Magalhães Retorna à Câmara e Celebra Aprovação de Pautas Essenciais

Atividades legislativas pós-carnaval destacam avanços na saúde, direitos dos idosos e infância.
 Deputado Clodoaldo Magalhães Retorna à Câmara e Celebra Aprovação de Pautas Essenciais

Foto: Divulgação

Na semana após o feriado de carnaval no Brasil, os deputados federais da Câmara retornaram aos trabalhos. O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na última semana, diversos projetos de lei que garantem avanços ao país. E o deputado federal Clodoaldo Magalhães (PV/PE) marcou presença nas importantes vitórias legislativas.

Para o deputado Clodoaldo, a semana foi de importantes aprovações e pautas que merecem atenção. “Com nosso voto, a Câmara aprovou projetos na área da saúde, direito dos idosos, crianças e adolescentes. Nós temos que ter compromisso com a melhoria da vida dos brasileiros”, enfatizou.

Foi aprovado o projeto de lei que obriga o Sistema Único de Saúde (SUS) a divulgar na internet de lista de espera para cirurgias e outros procedimentos. Também foi aprovado o projeto que permite usar recursos da Covid em outras ações de saúde. “Esta é uma medida fundamental e vai ajudar estados e municípios a enfrentarem a epidemia de dengue, além de diversos problemas na logística de atendimento hospitalar no SUS, como falta de insumos e equipamentos”, destacou Clodoaldo Magalhães.

Com o voto do Partido Verde, o Plenário aprovou o projeto que garante aos idosos – com doenças que exijam acompanhamento médico ou de enfermagem – a permanência em asilos e casas de repouso. O PV também votou sim para a exigência de certidão negativa de antecedentes criminais aos profissionais que trabalham com crianças.

Votamos pela aprovação dos projetos para garantir mais qualidade de vida aos pacientes com Alzheimer e outras doenças. E também estamos garantindo mais proteção aos nossos pequenos, afastando aqueles que usam da atividade profissional para cometer crimes”, enfatizou o deputado federal.

De acordo com o parlamentar, o Brasil viveu um dos anos mais difíceis para a Democracia em 2023. “O ano começou com um desafio tremendo onde todas as instituições do Brasil foram testadas. E nós não paramos, seguimos em frente. Este deve ser um ano de muito trabalho e conciliação dos poderes, para que a gente possa tornar o Brasil um lugar melhor para todos e todas”, finalizou.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *