Em Olinda, Polícia investiga desaparecimento de mulher que saiu de casa dizendo que faria exames

 Em Olinda, Polícia investiga desaparecimento de mulher que saiu de casa dizendo que faria exames

Uma mulher de 41 anos desapareceu depois de dizer que iria fazer exames médicos, em Olinda, na segunda-feira (24). A Polícia Civil informou, nesta terça-feira (25), que começou a investigar o caso. Viviane de Santa Cruz Guerra mora no Bairro Novo e, segundo a polícia, teria saído pela manhã, mas não voltou para casa.

O primo dela, o advogado Antônio Augusto Santa Cruz, disse que, dias antes do desaparecimento, Viviane teve Influenza. Este teria sido o motivo pelo qual, na segunda-feira, ela iria a um laboratório fazer exames.

“Ela saiu de casa vestindo uma calça jeans e uma camisa florida. Ela teve influenza há dez dias, sentiu muita dor e agora, na fase final, foi fazer esses exames. Sabemos que ela nem chegou lá. Não há registro da entrada dela nesse local”, afirmou o advogado.

Viviane Santa Cruz trabalha em casa, fazendo bolos, doces e salgados. Tem dois filhos e, segundo a família, a convivência com os parentes sempre foi tranquila. Ela não tem histórico de outros desaparecimentos.

“A câmera do prédio filmou ela saindo e sabemos que, sete minutos depois, ela fez saques no caixa do Big Bompreço de Casa Caiada, sete minutos depois de sair de casa. Fomos em hospitais, no [Instituto de Medicina Legal] IML, e não tem nenhum registro da entrada dela”, declarou.

A Polícia Civil informou que registrou o caso através da Delegacia do Varadouro. “As investigações foram iniciadas e seguem até esclarecimento do fato”, disse a corporação.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas