Investimento de R$ 15 milhões impulsiona cultura em Pernambuco: 237 propostas aprovadas no Funcultura Geral 2022-2023

Iniciativas abrangem diversas linguagens artísticas e fortalecem a cena cultural pernambucana para o próximo ano.
 Investimento de R$ 15 milhões impulsiona cultura em Pernambuco: 237 propostas aprovadas no Funcultura Geral 2022-2023

Foto: Divulgação

O cenário cultural pernambucano se prepara para uma revolução a partir de 2024, com o anúncio do resultado final do Edital Funcultura Geral 2022-2023. O Governo do Estado de Pernambuco, em parceria com a Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e a Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), revela um investimento expressivo de mais de R$ 15 milhões, distribuídos em 237 propostas aprovadas, que abrangem diversas linguagens artísticas.

Entre as áreas contempladas estão Cultura Popular e Tradicional, Teatro, Patrimônio Cultural, Dança, Artes Visuais, Fotografia, Literatura, Circo, Artesanato, Design e Moda, Gastronomia, Artes Integradas e Ópera. Pessoas físicas e jurídicas apresentaram, respectivamente, 206 e 31 propostas habilitadas, destacando a pluralidade de agentes culturais envolvidos.

A análise geográfica revela uma distribuição equitativa, com a Região Metropolitana do Recife liderando com 49% das propostas aprovadas, seguida pelo Sertão (23%), Zona da Mata (37%), e Agreste (13%). A Regionalização, por sua vez, destaca a presença cultural em diferentes partes do estado, com a RMR liderando novamente, seguida por Zona da Mata Norte, Sertão do São Francisco, Agreste Central, Sertão do Pajeú, Sertão do Moxotó, Zona da Mata Sul, Agreste Meridional, Sertão Central, Agreste Setentrional e Sertão de Itaparica.

A inclusão social é um ponto alto deste investimento, refletindo-se nas propostas habilitadas que contemplam acessibilidade: 180 (75,95%) propostas com recursos de libras, 76 (32,07%) com audiodescrição, 66 (27,85%) com legendagem, 10 (4,22%) com escrita tátil em braile, e 102 (43,04%) que propõem outros recursos.

No campo da identidade de gênero, os dados revelam uma participação significativa das mulheres, representando 60,34%, enquanto homens correspondem a 35,86%, e 2,11% se identificam com outras expressões de gênero. Apenas 1,69% preferiram não informar, evidenciando a diversidade também no corpo de proponentes.

O investimento massivo do Funcultura Geral não apenas impulsiona a cena cultural pernambucana, mas também reforça o compromisso do estado em promover uma cultura inclusiva e representativa, refletindo as diversas vozes que compõem a rica tapeçaria cultural da região.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *