’O Rio Capibaribe não pode continuar esquecido’, diz Alcides Cardoso

 ’O Rio Capibaribe não pode continuar esquecido’, diz Alcides Cardoso

O vereador Alcides Cardoso (PSDB) cobrou, em discurso na reunião ordinária da Câmara do Recife nesta terça-feira (21), atenção do poder público ao Rio Capibaribe. Na tribuna da Casa, o tucano afirmou que a cidade “deu as costas para os rios”. Para o parlamentar, o rio, com enorme importância para a história e cultura da capital, pode ser recuperado com base em experiências que deram certo em outros estados.

“Com vontade política e educação ambiental aliadas à tecnologia, o Rio Capibaribe pode ser recuperado a partir de um projeto amplo, baseado em experiências bem sucedidas em outros estados. Ações pontuais são apenas paliativos que não resolvem os graves problemas enfrentados pelo rio, como o impacto sofrido pela carência de uma total cobertura do saneamento e do tratamento de esgoto em nossa cidade. O Capibaribe não pode continuar esquecido”, disse Alcides Cardoso.

O oposicionista mencionou em sua fala o relatório do Painel Intergovernamental das Mudanças Climáticas, da Organização das Nações Unidas (ONU), divulgado no ano passado, que mostrou que Recife é a 16ª cidade mais ameaçada do mundo pelas mudanças climáticas. E relacionou esse dado com o tratamento que a cidade dá aos rios.

“Especialistas vão além do aumento do nível dos oceanos e o fato da nossa capital estar ao nível do mar na análise desse dado. Um dos pontos levantados por esses especialistas é o fato de que, ironicamente, a nossa Veneza Brasileira deu as costas para os rios que a cortam. Esquecido pelo poder público, o Capibaribe, que encantou João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira e tantos outros poetas, está extremamente poluído. Ele está muito longe de ser aquele rio que nas primeiras décadas do século XX servia de ponto de encontro dos recifenses quando havia até um trecho de praia entre a Avenida da Conde da Boa Vista e a Rua Princesa Isabel”, afirmou o vereador.

O parlamentar citou o trabalho da ONG Recapibaribe na limpeza do rio.

“Infelizmente, o Rio Capibaribe virou há muito tempo sinônimo de lixo, mau cheiro, poluição e peixes mortos nas suas margens. E isso só vem piorando há 20 anos. E nesse complicado cenário, a ONG Recapibaribe é uma referência no trabalho de voluntários que se dedicam a realizar mutirões de limpeza no rio”, ressaltou o tucano.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas