Nos siga nas redes sociais

Entretenimento

Para celebrar o Dia do Nordestino, Fundaj promove live com Maciel Melo

Publicado

em

A diversidade do povo nordestino será celebrada neste dia 8 de outubro. A data foi instituída pela Câmara Municipal de São Paulo (Lei nº 14.485), em 2007. Aproveitando o ensejo, a Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) promove, hoje (08), às 19h, uma live com o cantor, compositor e escritor Maciel Melo. Natural de Iguaracy, no Sertão de Pernambuco, ele é um dos grandes nomes da música produzida na região, conhecido por sucessos como o clássico “Caboclo Sonhador”. Transmissão no canal da Fundaj, no YouTube.

No repertório de Maciel Melo, não devem faltar composições como “Janelas”, “Nos Tempos de Menino”, “Dê Cá Um Cheiro” e tantas outras. A homenagem tem como objetivo enaltecer a região brasileira, refletindo sobre suas identidades e as mais diversas manifestações de cada estado. Uma missão da Casa, que pode ser percebida em equipamentos como o Museu do Homem do Nordeste (Muhne), e iniciativas como o Prêmio Delmiro Gouveia de Economia Criativa, que em 2020 distribuiu R$ 90 mil para 90 projetos em toda região.

“O Nordeste é uma imensidão. Somos diversos, de uma ponta a outra da região, ao longo dos nove estados. Queremos, neste dia, expressar nossa arte através da música de Maciel, mas são tantos os nomes, de Moacir Santos a Augusto dos Anjos. De Caetano Veloso a Rachel de Queiroz. Até Clarice Lispector tem em si sua parte nordestina. Celebramos este dia, para celebrar nossas histórias, estes e tantos outros nomes”, declara o presidente da Fundaj, Antônio Campos.

Na programação, a antropóloga do Muhne, Ciema Mello, contará um pouco sobre a vida de diversas personalidades nordestinas, como o poeta e repentista cearense Patativa do Assaré (1909-2002). A decoração fará referência às culinárias nordestinas e suas comidas típicas, inspirado no livro “Nordeste: identidade comestível” (Editora Massangana, 2020). E, claro, não poderia faltar a apresentação de manifestações culturais e danças como o xote, forró, baião, brega, frevo, axé, maracatu e tantos outros.

Sistema de Comunicação de Pernambuco

Copyright © 2021 PE News. Desenvolvido por avanzzada

Grupo Remop