Nos siga nas redes sociais

Nordeste

Paulo Câmara defende volta de estados e municípios à reforma da Previdência

Publicado

em

O governador do Estado, Paulo Câmara (PSB), defendeu nesta quinta-feira (20), a volta dos estados e municípios ao texto da reforma da Previdência. Crítico da reforma, o governador de Pernambuco, mudou o discurso. “Isso tem que ser discutido em torno da federação. São 27 estados e mais de 5 mil municípios, se cada um for trabalhar de maneira diferente, a gente vai ter muita legislação confusa” afirmou o socialista. 

O chefe do Executivo estadual ressaltou a importância da reforma, argumentando que a gente tem consciência do papel de reformas, do papel da Previdência e vamos fazer esse debate, com aquilo que for possível e necessário dentro desse debate”. 

Caso a Emenda proposta pelo deputado federal Daniel Coelho (Cidadania –PE) seja mantida, os estados e municípios deverão fazer uma reforma própria. “Mas, se não houver essa possibilidade, aqui em Pernambuco a gente vai fazer esse debate necessário e fundamental” afirmou Câmara. 

No Piauí, o governador Wellington Dias (PT), também criticou a decisão do relator Samuel Moreira (PSDB-SP) e classificou como uma “irresponsabilidade” a retirada dos estados do texto. 

 

Por: Douglas Hacknen – Recife