Nos siga nas redes sociais
Shineray

Destaques

Petroleiros de Pernambuco suspendem a paralização

Publicado

em

Decisão foi tomada após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) aumentar a multa diária de R$ 500 mil para R$ 2 milhões e determinar que Polícia Federal apure o crime de desobediência

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) emitiu um comunicado, nesta quinta-feira (31), orientando a categoria a suspender a greve. Os petroleiros de Pernambuco, em assembleia realizada nesta manhã, acataram a orientação e decidiram suspender a greve. O posicionamento foi tomado após o Tribunal Superior do Trabalho (TST) aumentar as multas por dia de paralisação de R$ 500 mil para R$ 2 milhões aos sindicatos.

Os petroleiros pretendiam realizar uma paralisação de advertência de 72 horas, iniciando na última quarta-feira (30). “Está sendo feita uma sacanagem com os petroleiros. Estamos suspendendo por conta de um judiciário comprado, a favor do capital estrangeiro e contra o trabalhador. Um ataque contra nós que estamos lutando para manter empregos e manter a Refinaria de Abreu e Lima, que é patrimônio pernambucano”, disse o coordenador do Sindicato dos Petroleiros de Pernambuco e da Paraíba (Sindpetro), Rogério Almeida, logo após a assembleia da categoria.

Conheça as reivindicações dos petroleiros:

– Redução dos preços do gás de cozinha e dos combustíveis;

– Manutenção dos empregos e retomada da produção das refinarias a plena carga;

– Fim das importações de derivados de petróleo;

– Não às privatizações e ao desmonte do Sistema Petrobras;

– Saída de Pedro Parente do comando da Petrobras.

 

Por: David Marques

 

 

 

Continue Reading
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *