Ronnie Lessa, autor dos disparos contra Marielle Franco, fecha acordo de delação com a PF

 Ronnie Lessa, autor dos disparos contra Marielle Franco, fecha acordo de delação com a PF

Foto: Reprodução

Ronnie Lessa, identificado como o autor dos disparos que resultaram na morte da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes, fechou um acordo de delação premiada com a Polícia Federal. Caso homologado pelo Supremo Tribunal Federal, esse será o segundo acordo realizado pela PF na tentativa de esclarecer o caso que chocou o Rio de Janeiro em 2018.

O primeiro acordo foi firmado com Élcio Queiroz, o motorista do veículo usado na perseguição e execução de Marielle. Segundo fontes próximas à investigação, Queiroz já estaria fornecendo detalhes do crime às autoridades. A expectativa é de que a delação de Ronnie Lessa possa lançar luz sobre aspectos ainda não esclarecidos do assassinato da vereadora.

Para relembrar o caso, Marielle Franco e Anderson Gomes foram mortos a tiros na noite de 14 de março de 2018, enquanto transitavam pelas ruas do Estácio, no centro do Rio de Janeiro. O ano seguinte ao assassinato resultou na prisão de Lessa e Queiroz, após a confirmação da Polícia Federal de que ambos desempenharam os papéis de executor e motorista no crime.

Na primeira delação premiada, Élcio Queiroz afirmou que Ronnie Lessa teria indicado que a motivação do assassinato era de natureza pessoal, não relacionada a questões financeiras. O segundo acordo de delação, agora firmado por Lessa, promete trazer novos elementos à tona, potencialmente lançando mais luz sobre os motivos e circunstâncias que envolvem o brutal homicídio de Marielle Franco.

Céu Albuquerque

Engenheira Civil em Segurança do Trabalho, especialista em Orçamentação, Planejamento e Controle na Construção Civil, Jornalista e Fotógrafa.

Related post

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *