Cláudia Santos, do Pinheiros, é a primeira atleta brasileira a conquistar vaga para a Paralimpíadas de Paris 2024

Remadora entra para a história como a atleta que conquistou vaga na modalidade em todas as paralímpiadas já realizadas
 Cláudia Santos, do Pinheiros, é a primeira atleta brasileira a conquistar vaga para a Paralimpíadas de Paris 2024

Da esq. para dir. Cláudia, Alexandre (Téc) e Jairo Klug, do remo paralímpico do ECP que estão com a seleção brasileira. Foto: Divulgação/ ECP

Em um emocionante e inspirador capítulo na história do esporte brasileiro, Cláudia Santos, a destemida remadora do E.C. Pinheiros, conquistou um feito extraordinário ao garantir sua vaga nas Paralimpíadas de Paris 2024. Não se trata apenas de mais uma classificação para o maior evento esportivo para atletas com deficiência do mundo; é uma jornada repleta de superação, resiliência e determinação que a transformou na primeira atleta do Brasil a se qualificar para cinco edições consecutivas dos Jogos Paralímpicos.

A trajetória de Cláudia até Paris foi marcada por desafios inimagináveis. Dois anos de lutas incessantes, onde a força de vontade e o espírito indomável se destacaram como protagonistas. Em outubro de 2021, ela passou por uma cirurgia delicada, trocando a tela do abdômen. No mês seguinte, em novembro de 2022, outra cirurgia se fez necessária, desta vez para remover a tela do abdômen devido a uma infecção crônica. A atleta se viu afastada do esporte que amava, mas sua resiliência a levou de volta aos treinos no final de fevereiro de 2023.

O destino ainda reservava desafios. Em um revés impressionante, Cláudia sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) no início de abril. No entanto, sua determinação inabalável e apoio da equipe médica a levaram de volta à água e aos treinos em tempo recorde. Em junho de 2023, ela não só participou, mas venceu o Campeonato Brasileiro, deixando todos boquiabertos com sua resiliência.

A questão da convocação para o Campeonato Mundial tornou-se um ponto de interrogação. A seleção nacional hesitou, mas seu técnico, Alexandre Nunes, não desistiu dela. Convenceu a Confederação Brasileira de Remo de que Cláudia estava apta para competir após sua vitória no Brasileiro. Ela foi para Belgrado, Sérvia, e com determinação impressionante, assegurou sua vaga para as Paralimpíadas de Paris 2024.

Esta será a quinta Paralimpíada de Cláudia, uma jornada que a levou de Pequim 2008 a Tóquio 2020, com uma persistência e paixão que desafiam as adversidades. Hoje, ela celebra com entusiasmo e gratidão. “Paris está mais perto do que nunca”, exclamou com um sorriso. “Estou profundamente feliz, não apenas por mim, mas também pelo meu técnico Alexandre Nunes, pelo E.C. Pinheiros e por toda a minha equipe, que nunca desistiu de mim. Somos uma equipe e fizemos um trabalho incrível em um tempo tão curto. Obstáculos sempre existirão, mas não podemos nos concentrar no problema; a solução é o nosso foco. Que venha Paris 2024! A regata só termina quando a buzina toca. Tenho muito orgulho de mim mesma, e toda a equipe está radiante!”

Cláudia Santos entra para a história do remo paralímpico como a atleta que conquistou uma vaga em todas as edições das Paralimpíadas realizadas até o momento, uma façanha que reflete sua inquebrável determinação.

Seu treinador, Alexandre Nunes, que a orienta tanto no Clube Pinheiros quanto na Seleção Brasileira, compartilhou suas palavras sobre essa conquista monumental. “Esta realização representa a força e a resiliência excepcionais de Cláudia. Foi uma temporada incrivelmente desafiadora, com obstáculos durante todo o processo de preparação, mas, felizmente, conseguimos garantir a quinta classificação consecutiva de Cláudia para os Jogos Paralímpicos. Agora, nosso foco se volta para uma preparação rigorosa, buscando alcançar um resultado extraordinário nesta edição das Paralimpíadas.”

Em Paris 2024, Cláudia Santos levará consigo a determinação, a resiliência e o espírito de superação que a transformaram em uma lenda viva do esporte brasileiro. Sua jornada inspiradora continuará a ecoar como um exemplo de que, com determinação, não há limites para o que se pode alcançar.

Digiqole Ad Digiqole Ad

Notícias relacionadas

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *